Alberto Granado, companheiro de Che Guevara em viagem de moto, morre em Cuba

domingo, 6 de março de 2011.

A imprensa oficial de Cuba anunciou neste sábado a morte do bioquímico argentino Alberto Granado, aos 88 anos. Amigo de Ernesto Che Guevara, ele acompanhou o líder guerrilheiro em uma viagem de motocicleta em vários países da América Latina no início da década de 1950. A história ganhou notoriedade em 2005, quando foi adaptada pelo cineasta brasileiro Walter Salles no filme "Diários de motocicleta".
O contato com as populações dos locais por onde passou teria despertado o engajamento político de Che, que culminou com sua participação na Revolução Cubana de 1959.

Granado morava em Cuba desde 1961, após ser convidado pelo líder guerrilheiro. A televisão estatal da ilha informou que ele será cremado e suas cinzas serão espalhadas pelo país, além da Argentina e da Venezuela. As causas da morte não foram divulgadas.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |