Antes das Eleições VIII Parte

sexta-feira, 29 de abril de 2011.

Em pauta a questão da Cultura. Nosso município já teve um dos melhores carnavais de toda a Região Metropolitana de Belém (Apesar de a época Santa Izabel não fazer parte da RMB) e me recordo que até a "gestão" do ex-prefeito Antonio Simão a Escola De Samba, responsável pela boa fama do nosso carnaval, O Égua De Nós era de certa forma "financiada" pelo poder publico, hoje o poder publico além de não dar ajuda nenhuma a ex-escola de samba, não promove um carnaval no município que se ainda tem alguma coisa na rua é graças aos empresários e moradores desta cidade que promovem os seus blocos carnavalescos ( conversava sobre isso com um amigo e disse a ele se ele já tinha parado para pensar por que em Santa Izabel as coisas parassem andar para trás? veja o égua de nós de escola de samba à bloco carnavalesco, aí reside o desespero de se manter "vivo"). Eu era pequeno e adorava ir à avenida no carnaval, hora como brincante da escola, hora como um telespectador que adorava ver a escola na avenida, gostaria que meus filhos pudessem ter visto essa época.

São tantas coisas que é difícil escrever sobre algumas apenas, mas, vamos lá. Além do que já foi exposto sobre o nosso patrimônio cultural, o égua de nós, temos agora em questão a falta de ajuda do poder publico aos artistas locais, o blogueiro e Presidente da Academia de Arte Popular Diego Sousa sempre diz: - Santa Izabel é uma cidade de artistas e isso não basta para o poder publico despertar para a riqueza de nossa terra?. Complementária o que diz o Diego dizendo que não só a ajuda, mas o favorecer o despertar de novos talentos no nosso município é fundamental e só para ilustrar o que digo aqui, vejam por exemplo o caso do caricaturista e blogueiro Fabrício Pontes(mais conhecido como Capachão), do nosso amigo de academia que faz as suas peças e já tem até obras vendidas para fora do Brasil, Carlos Roberto, que não tem um incentivo do poder local e ainda pior o nosso amigo da academia quando foi tentar por as suas peças para exposição foi barrado pela prefeitura, é isso mesmo, um cidadão foi proibido de usar um local publico para expor magníficas obras suas, além de não ajudarem ainda atrapalham. O professor Pedro Eduardo e o Mouse também já foram vitimas de um caso parecido, só que desta feita estavam eles com o projeto "teatro na rua" sem apoio nem incentivo da prefeitura e conversando com o padre ele cedeu a frente da igreja, tem que como eles não recebem nenhuma ajuda quando alguém ia ao microfone dizia não recebemos ajuda para fazer isso aqui, e não tardou, minutos depois recebem uma ligação dizendo que se eles não parassem de dizer que a prefeitura não ajudou eles seriam interditados, ou melhor dizendo expulsos da frente da praça. A inoperância já é difícil de agüentar, imagine o abuso e a falta de respeito. Eu escrevo e quero publicar meu livro e se eu quiser fazer isso em praça publica e aí como fica? Santa Izabel é abençoada, pois daqui saem escritores, caricaturistas, atores, intelectuais de toda espécie, músicos, cantores, poetas, artistas plásticos, pintores e etc. E esse povo todinho labuta todos os dias para conseguir fazer o que gosta sem apoio e remando contra a correnteza do poder. Fica uma pergunta será que nós não temos apoio porque justamente os artistas tem o costume de fazer as pessoas enxergar a realidade, será, será? 

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |