Recebi Por E-mail: Descaso!

quarta-feira, 27 de abril de 2011.
          O E-mail que vou expor abaixo recebi no dia 23 Abril de 2011 ás 20:03h pelo movimento que se intitula ética Izabelense, nele como vocês leram é exposto algo muito sério e delicado, Como a vigilância sanitária e a prefeitura permitem que ambientes como estes funcionem? Vejam:  

Sempre estamos mirando os políticos, esse acaba sendo um tema metódico mas  necessário, contudo, achamos  oportuno explanarmos também outras áreas.... Pois bem... Há uma semana, nossa equipe fez uma perícia apurada nas padarias de nossa cidade. Constatamos inúmeras irregularidades, sendo que a principal refere-se a higiene dos estabelecimentos. Tem gente que pega verminoses e H pylori (Helicobacter pylori é uma espécie de bactéria que infecta o revestimento mucoso do estômago humano) devido a falta de higiene. Em todas as 7 padarias que fomos, incluindo centro e periferia, observamos: - Pães que não são vendidos no dia e são aproveitados no dia seguinte, sendo que tem 2 padarias que ainda colocam o letreiro “Produção Diária”; - Apenas uma autorizou a entrada de um de nossos agentes. Diga-se de passagem, não ficou feliz com o que viu; - Barata e Lixo próximos das formas de pães; - Vitrine com moscas;  - Uma das padarias divide o espaço com o cachorro, sendo que o mesmo quando está com sede, lambe a água que escorre de um dos freezer que armazena refrigerante; Isso é o menos importante, o pior problema trata-se deste: A PESSOA PEGA NO DINHEIRO E COM A MESMA MÃO PEGA NO PÃO E LHE SERVE! TEM CASOS QUE USAM UM SACO EM FORMA DE LUVA, MAS O MESMO TAMBÉM ESTÁ INFECTADO, POIS SENTAM MOSCAS, TROCAM DE MÃO, UMA VEZ PEGAM COM A DIREITA, OUTRA COM A ESQUERDA (A QUE EM MOMENTO ANTERIOR) PEGOU NO DINHEIRO!

           Em cidades, que de fato a vigilância sanitária atua e que o freguês é exigente, situações como essas não acontecem, pois tem uma pessoa EXPECÍFICA para ficar no caixa. Em Santa Izabel isso é pouco, ou  melhor, pouquíssimo comum! Pois os empresários visam única e exclusivamente o lucro, empregando poucos funcionários, logo, o mesmo funcionário tem que: - Atender o cliente; - Colocar o pão na sacola; - Pegar o  dinheiro e passar o troco; - Receber mercadorias; - Limpar o estabelecimento no final do dia; - Prestar contas do dinheiro apurado; Bom, isso é apenas a ponta do yceberg do que detectamos, sugerimos que coloque em discussão este tema em seu blog, de repente, nossa opinião não reflete a realidade. Quem sabe também alguma padaria queira se manifestar, pois se dependemos dos órgãos públicos enquanto fiscalizadores, é melhor esperarmos o Clube do Remo subir para primeira divisão. 

            Alias, gostaria de agradecer o e-mail recebido, eu já fui a uma padaria e a moça estava abanando algumas "mosquinhas" como ela mesmo disse, que estavam voando dentro de onde ficam os pães que seriam vendidos para o consumo, é ultrajante ver que estabelecimentos como este recebem alvará de funcionamento e avaliação positiva da vigilância sanitária. Como eu costumo incitar sempre aqui no blog com a palavra o poder publico.  


Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |