Amor?

quarta-feira, 18 de maio de 2011.
Não sei por que não consigo dizer: - Te amo!
Se te amo é porque te quero e se te quero?
Se te quero é porque te desejo e se te desejo
Por que não consigo ao menos num lampejo?
Dizer-te: - Te amo!

Carta do infinito passado/presente futuro ausente
Não sinto? Não sei o que sinto? Confundo-te
Pressinto a tua ausência e te clamo amor: - Te amo!
Mas é tarde você já se foi e vou gritar ao vento: - Te amo!
Sentar a beira de qualquer plano inclinado para gritar: - Te amo!

Mais uma vez estou só, sempre estive, estavas comigo?
Não sei, não sei, não sei...
Apenas sei que te amo e que não sei dizer que te quero
E se de quero não sei como dizer te amo
Erro? Não sei só sei que te amo e sempre te amarei

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |