Antes das Eleições XI Parte

segunda-feira, 2 de maio de 2011.
Em pauta a questão do Planejamento Urbano. Santa Izabel do Pará é uma cidade em amplo crescimento populacional e isso se verifica nos levantamentos feitos pelo IBGE (INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRÁFIA E ESTATÍSTICA), no ultimo levantamento deu-se conta de que a população Izabelense beira os 60.000 (sessenta mil habitantes), até aí tudo bem já que uma cidade que cresceu de importância, tanto que até foi aderida a região metropolitana da capital, e cresce proporcionalmente a população, normal, não fosse, é claro, a falta de planejamento urbano que faz com que as pessoas procurem habitar em qualquer lugar e de qualquer jeito (por isso temos tantas invasões, no Rio de Janeiro a falta de planejamento levou aos morros, aqui as invasões), não obstante a falta de moradia adequada essas pessoas são geralmente destinadas a conviver com a falta de serviços fundamentais como entrega de cartas pelos correios, saneamento básico (no nosso caso toda a cidade padece deste mal), asfalto, iluminação publica, etc.   
Na verdade o que ocorre é que sem planejamento urbano não tem como uma sociedade crescer com igualdade, pois alguém sempre estará marginalizado dos serviços que deveriam ser oferecidos a todos os cidadãos.
O pior é quando as ações não partem do poder local e quando são executadas como foi o caso da COHAB ainda tem a distribuição das casas não para quem precisa sair do local perigoso onde vive para uma habitação digna, mas para apadrinhados políticos que não necessitavam e nem necessitam de qualquer habitação (muitos até já possuíam as suas casas). Este problema só tem uma solução é Planejar para que a cidade cresce igual, não apenas em infraestrutura, mas socialmente.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |