Do Blog Da Edilza Fontes

segunda-feira, 16 de maio de 2011.

O PT e as eleições 2012

posição do PT, tirada no encontro é compreensível diante de um quadro político desfavorável para eleições de 2012 no Pará. O partido recorrerá, como está fazendo na sua propaganda eleitoral na TV,  aos programas e políticas nacionais, para se apresentar perante a opinião pública na capital e no estado.

Escutei de um deputado do PT a afirmativa que um estudo feito na agenda mínima do governador Jatene, identifica que são obras iniciadas pelo governo Ana Júlia, na ordem de 70%. Me pergunto, se como o governo foi incompetente de não termina-las ?

 A verdade é que o PT vai para uma eleição em situação desfavorável. Seus aliados em 2010,  se foram. Estão na base do governo Jatene e restou só o PV e o PC do B, que não estão no novo governo. O PC do B está conversando, mas conversa também com o PSOL uma possível vice-candidatura. O PSB, aliado histórico, já lançou candidatura própria e é hoje um dos mas árduos defensores do governo Jatene na ALEPA. Lembrem que os dois deputados do PSB não assinaram a CPI.

 O PDT provavelmente não fará aliança com PT. O PR foi muito bem aquinhoado com secretárias no novo governo. O PV, no meu entendimento não apoiará uma candidatura do PT, por não está na base do governo Dilma e está, até agora fora do governo Jatene. Lembremos que o deputado Gabriel Guerreiro não assinou a CPI da ALEPA.

As alianças são importantes para uma campanha, principalmente devido ao tempo de TV.

No campo do governo, Jatene já tem dois candidatos. Priante do PMDB e o Jordy do PPS. Seu desafio é manter uma base na ALEPA e não sair ferido nas eleições de 2012.

 O PSDB deverá lançar candidatura para prefeito em Belém? Hoje parece que sim, e que o candidato é o Zenaldo. Mas tem tempo para avaliar a situação. É governo e tem bala na agulha. De qualquer forma a candidatura de Priante é irremovível.

Devemos dizer que só as alianças partidárias não garantem uma eleição. É verdade, garantem tempo na TV que é importante.

 Ocorre que, quem tem articulação coma sociedade, visibilidade politica, disputa-se a opinião pública pode-se ganhar uma eleição, se o candidato convencer.

 Aqui eu quero deixar bem demarcado,  que está havendo um debate intenso na sociedade. No meu entendimento muito bom para dizer que a opinião publica esta pautada por um discurso de ética na politica que passa pela escolha, também de gestão.

 Nestes cinco meses de governo Jatene o deputado Edmilson Rodrigues faz um mandato irreparável, do ponto de vista da ética e da visibilidade politica. Ele avançou em relação há um público que faz opinião com o tema da corrupção.

 Acho, que ele aparece hoje como o candidato mais de acordo com uma gestão transparente e honesta. O que quero dizer, é que ele está trabalhando sua candidatura já. Esta reforçando uma imagem. Esta se beneficiando dos desmandos do Prefeito Duciomar, que não consegue ter uma boa comunicação e não se sabe se lançará candidato.

 O PT tem um a história, mas carece no meu entendimento, de um programa claro para Belém, de uma articulação mais permanente com os movimentos sociais da cidade e, teve, e passa por um desgaste de imagem, depois do governo Ana Júlia. Não aparece como o novo, e como o capaz de fazer a diferença.

 O Priante está SUMIDO. O PMDB calado e o PPS sem fôlego para responder as questões de Belém.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |