Ponto Final.

segunda-feira, 9 de maio de 2011.

NO BLOG DO TIAGO SOUSA


Caro blogueiro e demais leitores , certo que realmente me exaltei um pouco, mas veja você, entra uma pessoa que tenho quase certeza de ser um assessor do prefeito e me faz um monte de insultos desses, primeiro não sou imundo tomo três banhos todos os dias, segundo sou realmente pobre e tenho muito orgulho disso, terceiro, imbecil sou às vezes quem não tem seus momentos de imbecilidade? Eu mesmo tive um desses quando resolvi responder a essas asneiras, quarto burro do modo como o cidadão me fala não sou não e nem palhaço, apesar de achar a profissão muito digna e para finalizar acho que estando em um estado de "direito" tenho o dever de falar e expor o que penso se ele ou outra pessoa não gostar posso fazer o que? Meu propósito é apenas um, tentar transformar o blog como um canal para a discussão das mazelas sociais as quais tanto luto contra e se figuras como a de Jader Barbalho figuram no meio do debate fazer o que? O tal político que o cidadão diz para eu lavar a boca é o mesmo que foi acusado de envolvimento nas fraudes da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), no desvio de recursos do Banco do Estado do Pará (Banpará) e pelas operações fraudulentas com os Títulos da Dívida Agrária. Corre em segredo de Justiça o Inquérito nº 2909, que apura o envolvimento de Jader Barbalho em crimes contra a ordem tributária. As denúncias nesse processo vão da sonegação no recolhimento de impostos como pessoa física e pessoa jurídica, até a entrega de declarações fraudulentas à Fazenda Estadual e à Receita Federal. Segundo dados da Receita Federal, Jader está devendo cerca de R$ 2 milhões e 800 mil ao Fisco, resultante de uma série de artifícios para deixar de recolher o Imposto de Renda. Nessa fiscalização, a Receita descobriu várias irregularidades, que vão da venda simulada de gado à existência de frigoríficos que não tinham nenhum registro contábil, em 2001, Jader Barbalho renunciou ao mandato de senador para escapar de processo investigatório que poderia levar à sua cassação, o que o tornaria inelegível por dez anos. Nessa época, vieram à tona as gravíssimas denúncias sobre o tráfico de influência por ele exercido e desvios de recursos públicos em vários órgãos sob sua influência direta. Ainda tem a Ação Penal 336, por emprego irregular de verba pública, a Ação Penal 398 por Peculato, a Ação Penal 339 por crime contra o sistema financeiro nacional, a Ação Penal 397 por falsidade ideológica, formação de quadrilha, estelionato e crime de lavagem, a Ação Penal 374 de crime contra a administração em geral. O “senhor” Jader Barbalho omitiu na Justiça Eleitoral a propriedade de 50% da empresa Rádio e TV Tapajós Ltda. Em 2001, Jader tornou-se sócio da empresa, localizada no município de Santarém. No documento de alteração contratual, ele passou a ter 50% do capital. Desde então este documento permaneceu dentro de uma gaveta, não sendo formalizado na Junta Comercial do Pará. Obviamente, nada sobre o fato foi declarado para a Receita Federal ou para a Justiça Eleitoral e é desta pessoa que o tal Carlos manda eu lavar a boca para falar, brincadeira né? E sem graça, a ficha corrida deste cidadão dava para preservar a metade da Amazônia que foi provavelmente desmatada para imprimir tudo isso, no mais, tudo dito.


COMENTÁRIO DO BLOG DO BRUNO MAQUES

Tenho alguns comentários a fazer sobre a postagem do Tiago acima colada:

1º- "Caro blogueiro e demais leitores , certo que realmente me exaltei um pouco, mas veja você, entra uma pessoa que tenho quase certeza de ser um assessor do prefeito e me faz um monte de insultos desses"

Dividirei o comentário em relação a este trecho da postagem em duas partes assim como no outro comentário.
 Primeiramente  observo a humildade do Tiago em reconhecer sua exaltação, porém critico o fato de ele tentar justificar essa exaltação. Caro amigo e anarquista Tiago, as pessoas que comentam em nossos blogs podem dizer o que quiser, estão exercendo seu direito, nós é que não podemos nos exaltar com elas, porque somos nós quem estamos nos expondo, nós de certa forma nos tornamos pessoas públicas tal qual os políticos e personalidades sociais de relevância de quem comentamos em nossos blogs, é o feitiço contra o feiticeiro meu estimado amigo. Quando nos expomos, assumimos responsabilidades, assumimos ônus, considero que  a maioria das pessoas públicas de Santa Izabel não têm essa compreensão, veja o caso dos vereadores em relação ao artigo do Diego no jornal dele. Que eles tenham uma visão deturpada do que seja ser uma pessoa pública, tudo bem, porém nós não podemos nos dá a esse luxo, pois o futuro de nossa cidade depende de pessoas que consigam não se ater a mesquinharias e pensem grande, assim como eu e você, nos somos o futuro e o futuro tem que ser melhor.

2º- "primeiro não sou imundo tomo três banhos todos os dias, segundo sou realmente pobre e tenho muito orgulho disso, terceiro, imbecil sou às vezes quem não tem seus momentos de imbecilidade?".
Veja Tiago, o grosseiro que lhe desrespeitou de forma vil não o chamou de "imundo" no sentido denotativo, foi no sentido conotativo, significa a mesma coisa que "filho da puta" ou "desgraçado" entre outras pejorativas possibilidades, mais acho que você entendeu isso, pois foi isso que mais te indignou talvez.
Na segunda parte do trecho destacado está aquilo de que eu mais discordo na tese do Tiago, não devemos de forma nenhuma nos orgulharmos de ser pobres, pois é contra  a pobreza que lutamos, se a causa não for a justiça social, então é uma causa que não vale a pena. É missão moral da humanidade e nossa erradicar a pobreza que gera violência, prostituição, abandono, falta de dignidade, enfim toda sorte de injustiças.
Não podemos nos orgulhar de ser pobres, porque parece que estamos satisfeitos com essa condição, e posso afirmar, não existe ser humano no mundo que não queira sair da pobreza. Nunca fui pobre, mas nem sempre a coisa foi fácil como é hoje em dia, já batalhei muito, e fiz isso para me distanciar o quanto mais da pobreza.
Para mim, este argumento de pobreza como valor moral só serve para criar uma sensação de luta de classes em que os pobres são os heróis e os ricos os vilões, quando na verdade não existe nem mocinho e nem vilão, só existem seres humanos defendendo seus interesses, defendendo sua vida, o que é muito legítimo, só cabe a esses ou a aqueles lutar se a situação for incômoda. Por isso estou aqui escrevendo esses textos todas as noites, eu quero uma sociedade melhor.

MINHA RESPOSTA: 
1° - Só pra terminar de uma vez por todas com o assunto, como havia dito antes errei ao me exaltar e não tentei justificar, eu errei e ponto. Se coloquei o caminho que me levou ao erro foi apenas para indicar aos leitores que não errei a toa. Peço que observem, porém, sou  ser humano e não sou perfeito erro e admito, errei, não vou prometer não errar de novo porque isso é praticamente impossível, todos erramos e vamos errar o que posso dizer é que irei me vigiar para que não se repita o ocorrido.
2° - E sei que a palavras que foram utilizadas nas agressões não foram usadas na forma literal, mas quis fazer uma brincadeira e tirar saro com o ocorrido.
Quanto à parte de me orgulhar de ser pobre, o faço porque não tenho pretensão nenhuma em ser ou vir a ser rico, mas não desprezo ninguém que assim o faça, todos temos pensamentos, idéias e ideologias diferentes e respeito isso. Minha luta contra a miséria se dá, pois acredito, assim como o blogueiro, que a pobreza factual leva a grandes mazelas sociais e a exploração, mas aqui se trata de "pobreza" espiritual e de pensamento, e as pessoas que se encontram em tal situação não têm como incidir sobre a consciência do ato de se desapegar do qual eu faço quando digo tenho "orgulho de ser pobre".
         "Sensação de luta de classes em que os pobres são os heróis e os ricos os vilões" É complicado fazer qualquer argumentação aqui, pois a sociedade (ideal) para mim seria aquela sem classes, apenas homem livre fica difícil entrar nessa discussão porque aqui se trata de aspectos ideológicos dos quais não compartilhamos e como diz a minha mãe isso pode "dar inhanha" melhor ficar por aqui e encerrar o assunto, ponto.

 

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |