A Televisão

terça-feira, 17 de maio de 2011.

Numa frase da música Televisão os Titãs diziam: “a televisão me deixou burro, muito burro demais” e “agora eu vivo numa jaula junto com os animais”, só para comprovar o que diz os Titãs na música: - Fui à casa de um amigo para conversarmos e eis que sentado no sofá eu vi a chamada do jornal nacional onde eles descreviam uma quadrilha de roubo a bancos que foi desmantelada em São Paulo, até aí nada de mais, a não ser é claro, pela fisionomia e o ar de assombro do jornalista que disse: - “A quadrilha que foi pega em São Paulo era uma quadrilha que se formou no Sul do Brasil, em Santa Catarina, pasmem! no sul do Brasil”. Aí me veio uma enxurrada de perguntas; que dizer que no Sul não existe bandidos? Por ter se encontrado uma boa estrutura financeira, quer dizer que não existe bandido rico ou como queiram de classe média? Por ter uma aproximação urbana quer dizer que não tem bandidos nas cidades? Etc. etc. etc. Na verdade, verdadeira, o que o episódio mostrou-me mais uma vez foi a afirmação nacional de estereótipos que contribuem para a formação preconcebida e preconceituosa do nosso povo, o jornalista em questão achou um absurdo serem de classe média, brancos, do sul, urbanos porque já se tem uma imagem que quem incorre em tal é pardo ou negro, pobre, do norte ou nordeste e vindo do interior, uma imagem construída no imaginário e reforçada bruscamente por “jornalistas” como o que fez a chamada da matéria, mas vindo da rede ao qual ele pertence não se pode esperar outra coisa não é mesmo?

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |