Como O Deus da Guerra Vence Um Nobel Da Paz?

quinta-feira, 16 de junho de 2011.


A pergunta do titulo do post é com certeza a que está a martelar a cabeça de muitas pessoas defensoras da paz mundial, o senhor Barack Obama elegeu-se prometendo descontinuar progressivamente a agenda militar Norte Americana e, no entanto, eleito a promessa de campanha que tratou de esquecer mais rápido foi justamente está, não se toca na política de hegemonia militar unilateral, nem no orçamento militar sempre em expansão, nem nas guerras de ocupação e agressão e apesar de este ter prometido nunca em toda história se torturou civis tanto quanto agora, por incrível que parece o governo do “humanista” “premio Nobel da paz” é o que mais rouba, tortura e mata indiscriminadamente. 

A decisão depois de eleito (inédita neste caso) e apesar de ser um presidente da oposição Obama decidiu por manter no cargo o secretario (ministro) da defesa Robert Gates, para alguns um gesto normal de gestão mesmo para outros a afirmativa que a expansão militar e o combate incessante das “oposições” ao redor do globo irá permanecer. 

Só para se ter idéia a população Norte-Americana é a que mais pagas impostos no mundo para a manutenção da guerra.

Ah... Ia quase esquecendo sem falar é claro nos quase 700 milhões de dólares do orçamento militar Norte-Americano que nunca foi tão grande em toda a história. Seria interessante que vocês lessem parte de um estudo publicado pelo Professor sociólogo Peter Phillips da universidade de Sonoma, leiam:
[...] O complexo militar-industrial está profundamente ancorado nos círculos políticos de Washington. Segundo as mais recentes informações da OpenSecrets.org, em 2006, 151 membros do Congresso aplicavam mais de 195,5 milhões de dólares das suas economias pessoais em empresas da área da defesa.
Os mais importantes fornecedores da defesa estiveram seriamente envolvidos nas eleições de 2008. A Lockheed Martin doou um total de 2.612.219 dólares para as campanhas políticas, dos quais 49% (1.185.493US$) aos Democratas e 51% (1.325.159US$) aos Republicanos. A Boeing doou 2.225.947 dólares, sendo 58% para os Democratas, e a General Dynamics doou 1.682.595 dólares a ambos os partidos. A Northrop Grumman gastou cerca de 20 milhões de dólares em 2008 na contratação de lobbyistas para influenciar o Congresso, e a Raytheon gastou 6 milhões para o mesmo fim durante o mesmo período. Numa surpreendente reviravolta logo à entrada, Obama nomeou William Lynn, 1º vice-presidente da Raytheon para as operações e estratégia junto do governo, para o segundo cargo mais importante do Pentágono. No governo de Clinton, Lynn era oficialmente o encarregado das contas do departamento da Defesa. Enquanto a elite politico-militar-industrial se preocupa com o potencial aumento da insegurança global, a resposta dada pelo governo de Obama é a continuação de um alto nível de despesas de defesa e de guerra, com o fim de assegurar o controlo das instabilidades, tanto no país como no mundo.[...]
Agora... A pergunta que ficou e não quer calar ao comitê organizador do Nobel da Paz como um presidente belicamente pronto para destruir o mundo em “defesa” dos interesses americanos que tortura, rouba e mata recebe um Nobel da Paz?

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |