Do Blog Do Lino

domingo, 19 de junho de 2011.


Já repetiu-se por inumeras vezes que o nosso município viu-se refém de uma excrecência política, até por volta de 1980. Comparando-se com o vizinho Castanhal, ( apenas 2 anos mais velho e que não teve essa má sorte), além das famílias que alí se formaram, os Porpino, Magalhães, Lemos, Coelho,Leite, Espinheiro, além da forte colônia japonesa que ali se instalou nos anos 60, todos trabalharam para um dia verem o progresso despontar. Não é à-toa que hoje com justa razão é chamado de "Município Modelo", cada vez mais prosperando, com suas indústrias e comércio fortes, lojas ultra-modernas, imponentes edifícios,estádio de futebol, ruas bem cuidadas e sinalizadas, feiras organizadas, enfim, uma cidade com foro de modernidade -presume-se um povo feliz.

        Infelizmente aqui quase nada se pode enaltecer pelo motivo acima expresso, o que talvez tenha deixado sua gente com pouco interesse de lutar. Nem mesmo a fase áurea da pimenta-do-reino, que trouxe a melhoria de vida aos nossos imigrantes orientais, dos anos 70 em diante, não repercurtiu de forma promissora e rentável na economia municipal.

         Enquanto eles, ainda se esforçam para levar aeroportos ultra-modernos, hospitais de referência e grandes empreendimentos -nós aqui, ficamos apenas olhando "a banda passar".

             É claro que para chegarmos lá, temos que desencavar a "caveira de burro", da velha política; implementar-lhe visão e capacidade empreendedora; eleger nossos próprios representantes na Câmara Estadual e por fim, pedirmos à nossa Padroeira Sta. Izabel, que nos cubra de bênçãos e não mais permita que contiemos uma pequena comunidade, apavorada e transtornada e, cercada de penitenciárias por todos os lados.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |