A voz da hipocrisia

sexta-feira, 3 de junho de 2011.
Acompanho desde a época da TV Globo quando apresentava o Jornal Hoje e depois na sua passagem pela Record e agora no SBT, o considerava um dos poucos jornalistas sérios e honestos no exercício da sua profissão, mas não tem como passar em branco o que ele disse na apresentação do Jornal do SBT de ontem. Estou falando do jornalista Carlos Nascimento e de como ele reagiu aos protestos simultâneos; a “marcha da família” que entre outros tinham o pastor Silas Malafaia como organizador e uma espécie de contra marcha organizada por representantes do movimento GLBT’s. o apresentador na abertura do jornal afirmou: - “Essa história da lei contra a homofobia está gerando excessos de ambos os lados, ninguém tem o direito de impor o seu homossexualismo a ninguém e também ninguém tem nada a haver com a opção sexual dos outros, o Brasil é um país livre e tem espaço para todo mundo, não é mesmo?” 
A afirmação acima me causou primeiro espanto e depois perplexidão, como pode um jornalista que sempre fez o contrário dos demais, tanto que não durou muito tempo na Rede Globo, ter uma opinião desta que só vai ao encontro do senso comum e reforça o estigma de uma parcela da sociedade que está brigando para ser respeitada.
O encontro ainda contou com a entrega de um abaixo assinado recolhido pelos religiosos com mais de 1 milhão de assinaturas pedindo o engavetamento da lei 122/06 ao congresso. Como não poderia faltar o deputado Bolsonaro aproveitou a ocasião e agrediu um travesti jogando água em cima dela.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |