O Que foi!

quinta-feira, 14 de julho de 2011.

Minha pergunta talvez esteja respondida com o jogo entre Brasil e Equador pela decisão das vagas na semifinal da copa America. Há apenas um fator que gostaria de destacar de todo o jogo desde o começo da partida a seleção foi muito, muito previsível diria até que metricamente calculável, com uma lentidão de dar dó a seleção acabou por fazer um a zero no Equador permitindo o empate e em seguida o desempate fazendo dois a um e não tardou o Equador empatou de novo em dois a dois, a seleção só deslancharia no liminar dos mais de vinte do segundo tempo quando faria, aí jogando como seleção, três gols e partiria para fazer o quarto gol e o bandeira ainda iria anular um gol legal de Robinho no fim do jogo.
A seleção parece (parece!) ter achado o caminho (será?), pois desde o primeiro jogo com as “estrelas” apagadas e com uma única alternativa a levar perigo para o adversário lançamento para o Pato, fora disso nada mais e como começaram a jogar alguma coisa no segundo tempo (metade dele) a de se pensar que o futuro que se encaminhava para ser sombrio pode mudar, resta torcer e só torcer.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |