Bang Bang

quarta-feira, 31 de agosto de 2011.

        Nesta semana quando voltei à aula fiquei primeiro satisfeito por ver que as pessoas ficaram preocupadas comigo por conta do massacra e da “sensação de insegurança” (algum tucano já disse isso por aí se não me engano) que toma conta cada vez mais do nosso estado e em maior particularidade de nossa cidade.
        Passada a constatação inicial passei a pensar e refletir sobre o ocorrido ou os ocorridos nesta terra de leis confusas. Primeiro me veio a memória que a algum tempo atrás quando passamos a andar com desconfiança pelas ruas da cidade, arrombamentos acontecendo direto aqui pelas bandas do bairro Triangulo, onde já haviam pego famílias inteiras e prendido no banheiro das casas enquanto os larápios levavam tudo das casas e depois quando os traficantes passaram a avisar que o “bagulho” novo havia chego dando tiros de rojão para os ares em plena madrugada, eu achei que realmente havíamos chego ao fundo do poço e um estado de insegurança total havia se instalado, creiam ou não eu estava enganado.

        Meu maior e capital erro foi achar que as coisas não podiam piorar e pioraram. O filosofo Arthur Schopenhauer na sua contribuição ao Sofrimento do Mundo usou uma frase que aqui vem a calhar “Hoje está mal, amanhã será pior, até que sobrevenha o mal definitivo.” E é sobre está ótica que constato o seguinte:

1-     Assassinatos em seqüência em um único final de semana um assaltante de motos, um traficante e outro que fontes afirmam ter participação em roubo a banco.

2-     Chacina de uma família inteira no Bairro novo horizonte, a qual segundo alguns populares podem ter envolvimento em crime de assalto e roubo.

3-     Roubo com seqüestro duas vezes do Banpará de Santa Izabel em menos de seis meses. No ultimo final de semana bandidos armados conseguiram através do seqüestro da filha do gerente da agencia Santa Izabel levar cerca de meio milhão do banco.

4-     Até a casa de um dos blogueiros mais visitados da cidade o blogueiro Diego Sousa não foi poupado bandidos roubaram a sua casa e levaram tudo, quando um amigo pediu hoje para eu conceituar tudo disse a ele deixaram a geladeira e o fogão, o resto é tudo o que eles levaram.

   Acho que vou ficar por aqui que esses quatro exemplos são o suficiente para mostrar a vocês que nos encaminhamos para um estado de barbárie total, onde os bandidos podem tudo e nós não podemos nada.
Conclusão: Santa Izabel cidade da Região Metropolitana de Belém e sob a tutela de segurança pública do estado está tão fadada a ingerência na segurança pública tanto quanto qualquer cidade deste estado sem lei. Nosso bang bang municipal.    

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |