DESGOVERNO – Jatene radicaliza censura

sábado, 13 de agosto de 2011.
O poder não muda o homem, apenas os desmascara.
Esta é a conclusão na qual fatalmente se desemboca, diante da mais recente denúncia feita ao Blog do Barata, que evidencia a postura discricionária do governador do Pará, o tucano Simão Jatene (foto). Ele não apenas censura o próprio Diário Oficial do Estado, como institucionalizou uma prática herdada da administração da ex-governadora petista Ana Júlia Carepa, ao introduzir alterações que tornam inconfiável, para efeito de pesquisa, a leitura da versão online do DOE. “Na maioria das vezes, sequer se consegue viabilizar a consulta desejada”, acrescenta a fonte da denúncia.
Essa mesma fonte observa que Jatene incorporou uma tramóia consagrada na administração Ana Júlia Carepa, a partir da qual passamos a ter duas versões distintas do DOE, o Diário Oficial do Estado. Uma é a versão online, amplamente consultada mediante o acesso a internet. A outra é a versão impressa, de circulação restrita, na qual são publicados atos que ao Executivo convém escamotear.
“É importante esclarecer que o DOE online e o DOE impresso deveriam ter o mesmo conteúdo, mas não é isso que ocorre desde o governo Ana Júlia Carepa”, salienta a fonte ouvida pelo Blog do Barata. “Como a maioria só consulta o DOE online, o governo só divulga seus atos mais polêmicos na versão impressa”, acrescenta a fonte, para então arrematar, em tom cáustico: “Lamentavelmente, transparência não é o forte dos nossos governantes, independentemente de legenda.”

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |