ENEM – Pará fora do ranking das 100 melhores

terça-feira, 13 de setembro de 2011.
Nada mais ilustrativo do descaso da tucanalha em relação à educação pública no Pará que o ranking das cem melhores instituições de ensino, segundo o Enem 2010, o Exame Nacional do Ensino Médio. As notas por escola foram divulgadas nesta segunda-feira, 12, pelo Ministério da Educação e divididas pela porcentagem de participação dos estudantes no exame. No grupo principal, com mais de 75% de participação, o "top 100" é formado por 87 escolas particulares e 13 públicas.
Como ilustra o gráfico acima, o Pará - cujo governo estadual está em mãos do PSDB desde 1995, com o breve hiato da administração da ex-governadora petista Ana Júlia Carepa, de 2007 a 2010 – é um dos Estados ausentes no ranking das 100 melhores instituições de ensino do Brasil.
No presente, como no passado recente, quem pontifica na educação paraense é o deputado federal tucano Nilson Pinto, o Nilsinho, ex-reitor da UFPA, a Universidade Federal do Pará, e atual titular da Seduc, a Secretaria de Estado de Educação, na qual protagoniza uma administração descrita como caótica, para dizer o mínimo. Mirando prioritariamente nas suas conveniência político-eleitorais, ele administra a Seduc sob a sombra de sua teúda e manteúda, descrita como a eminência parda da atual gestão, em um acintoso desrespeito à súmula do STF, o Supremo Tribunal Federal, que proíbe o nepotismo. Com o agravante, segundo recorrentes denúncias, de que se trate de uma notória alpinista social, célebre pelo deslumbramento e que só se distingue de uma anta devido o brilho de inteligência no olhar – da anta, dizem.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |