Recebi Por E-mail

quarta-feira, 14 de setembro de 2011.

Nossos oceanos estão sendo sistematicamente destruídos e temos 48 horas para dar o alarme. As indústrias pesqueiras usam longas correntes com discos de metal pesado para arrastar suas redes pelo solo dos oceanos à procura de peixes esmagando tudo que está em seu caminho. A pesca de arrastão é como desmatar uma floresta para pegar um papagaio -- e somente nosso protesto poderá impedir essa prática.

Em dois dias, legisladores da ONU se encontrarão para rever os impactos dessa prática mortal. Nações das ilhas do Pacífico estão lutando para salvar seus oceanos e apelaram para os membros da Avaaz para que criássemos um alarme global. Essa é a nossa chance de vencer -- se nós levantarmos nossas vozes agora, isso vai dar força para essas pequenas nações contra os grandes países pesqueiros e irá encorajar grandes atores como os EUA e Austrália, que já baniram a pesca de arrastão das suas águas, a apoiarem essa ilhas do Pacífico.

Vamos fazer um chamado urgente para impedir essa destruição sem sentido nos nossos oceanos -- e delegados irão entregar nossas vozes diretamente no encontro das Nações Unidas. Assine agora e envie para todos:
http://www.avaaz.org/po/stop_ocean_clear_cutting/?vl

Os enormes navios de pesca de arrastão se mudam sistematicamente de um ecossistema no fundo do mar para outro, esmagando corais, sugando todas as criaturas vivas e deixando um vasto deserto para trás que não se regenerará por centenas de anos. Em um único arrastão, alguns navios são capazes de limpar uma área do tamanho de 5000 campos de futebol. Canadá, Rússia e Espanha lideram espalhando essa destruição pelas águas mais diversas e preciosas do mundo.

Grandes nações pesqueiras já tiveram 6 anos para estudar os efeitos da pesca de arrastão e mudar para práticas mais sustentáveis. A maioria tem falhado em cumprir seus compromissos com a proteção dos oceanos e continua direcionando recursos enormes -- mais de 162 milhões de dólares por ano -- para o arrastão dos oceanos.

O encontro dessa semana é o nosso momento para mudar a maré dessa destruição. Um grupo de cientistas marítimos internacionais recentemente pediu que acabassem permanentemente com a pesca em águas profundas, e a Comissão de Pesca da União Européia se manifestou contra os subsídios do governo para a pesca de arrastão. O momento está crescendo, mas é preciso um enorme clamor público global para transformar o encontro da ONU num momento importante de responsabilidade. Junte-se ao chamado para salvar os oceanos, assine a petição agora e envie para seus amigos:

http://www.avaaz.org/po/stop_ocean_clear_cutting/?vl

No ano passado, os membros da Avaaz providenciaram um apoio crucial para a Grã-Bretanha criar a maior reserva marinha do mundo perto do arquipélago de Chagos. Nós também ajudamos a impulsionar um encontro internacional sobre baleias, ganhando uma prorrogação na proibição da caça mundial. Quando trabalhamos juntos, nós realmente fazemos a diferença para preservar nossos mares e a riqueza das criaturas do mundo. Vamos juntos apoiar agora as nações do Pacífico e todos os defensores dos oceanos e inaugurar uma nova era de conservação e proteção.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |