Terruá Pará: farra na casa alheia com dinheiro público

quinta-feira, 15 de setembro de 2011.

No blog do deputado Bordalo, está-se discutindo a questão do Terruá Pará. Reproduzo o centro do debate:
O Governo Jatene e a Presidenta da FUNTELPA, Adelaide Oliveira, confundem política de governo, política cultural, ação de marketing para divulgação da produção musical no Pará
Veja a íntegra do texto aqui.
Essa reflexão é bem interessante e merece ser desenvolvida. O deputado está levantando um tema essencial para o debate sobre políticas de comunicação, políticas de marketing e políticas culturais. É preciso lembrar que não são a mesma coisa. Os recursos públicos da publicidade devem ser usados para a divulgação da ação de governo. Qualquer gasto, nessa rubrica, que fuja a essa regra, merece ser averiguado pelo Ministério Público.
Penso que é preciso discernir entre os diversos custos referidos, à bem do interesse público. Se isso não está sendo feito - e parece que não está - como disse Bordalo, tem-se aí, de fato, um caso de ALOPRADOS.
O que NÃO PODE, em nenhuma circunstância, é usar recursos da rubrica destinada à Publicidade das Ações de Governo - e esse é um dinheiro carimbado, um dos mais carimbados de todo o orçamento do Governo Estadual - para custear ações de Difusão Cultural e fazer farra na casa alheia.
 

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |