Anistia Internacional pede prisão de George W. Bush

sábado, 15 de outubro de 2011.

Ex-presidente dos EUA visita o Canadá este mês. AI pede a autoridades canadianas que atuem. Em causa, vários crimes, incluindo tortura. 
 
A Amnistia Internacional (AI) pediu esta quarta-feira às autoridades canadianas que detenham George W. Bush durante a visita que fará ao Canadá, prevista para 20 de Outubro, acusando-o de vários crimes, entre eles, a tortura.

O pedido consta em um memorando enviado pela organização humanitária internacional às autoridades canadianas em 21 de Setembro, informou a AI em comunicado citado pela agência France Press.

O Canadá é obrigado, devido às suas obrigações internacionais, a prender e processar o ex-presidente Bush pela sua responsabilidade em crimes contra o direito internacional, entre eles a tortura, declarou Susan Lee, directora da organização para a América.

Como as autoridades dos Estados Unidos não levara, até agora, Bush perante a justiça, a comunidade internacional deve intervir. Se o Canadá se abstiver de atuar durante sua visita, isso configurará uma violação da Convenção das Nações Unidas contra a tortura e será uma manifestação de desrespeito aos direitos humanos, frisou.

As acusações da AI referem-se sobretudo ao programa secreto da CIA, em vigor entre 2002 e 2009, que aplicava aos detidos, tortura e tratamento cruel, desumano e degradante, bem como «desaparecimento de alguns dos prisioneiros. A AI afirma que durante o seu mandato, Bush autorizou técnicas reforçadas de interrogatório, entre elas a simulação de afogamento.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |