Muzenza: a arte da resistência!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011.

A muito tempo fui praticante de capoeira na Acamp, grupo conduzido pelo Mestre Macarrão em meados de 2002, esta sempre foi uma arte que me encantou seja por seu gingado que mostra todo o swing afro-brasileiro, daí muitos a considerarem uma dança e não um esporte ou arte marcial, mas para mim a capoeira é mais que isso, é a representação mais autentica da cultura afro-brasileira. Quando via e ouvia ontem à noite o canto que ecoa das senzalas no meio da Praça da Matriz e ganhava vida através dos berimbais, pandeiros e atabaques do Grupo Muzenza lembrei-me do tempo em que praticava, a praça estava cheia para ver o grupo e eu tive o privilégio de poder mostrar ao meu filho e minha esposa o quão importante a capoeira é para as raízes brasileiras. Só observei uma coisa ruim: a falta de apoio e incentivo do poder público a um grupo tão importante quanto o muzenza, que faz um trabalho maravilhoso com meninos e meninas que não fosse à existência do mesmo estariam nas ruas, provavelmente consumindo drogas, mas com a capoeira aprenderam disciplina e respeito, quero aqui parabenizar esses literalmente guerreiros do GRUPO MUZENZA.
Viva a capoeira!

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |