William Waack despenca na audiência

terça-feira, 11 de outubro de 2011.
Por Altamiro Borges


A coluna "Outro Canal", da Folha, informa hoje que o "Jornal da Globo", apresentado no final da noite pela decadente emissora, teve queda de 30% de audiência nos últimos dez anos. Estima-se que, desde 2000, o telejornal perdeu um em cada três telespectadores, e apresentou quedas no Ibope todos os anos. Cada ponto perdido no Ibope representa 58 mil domicílios a menos na Grande São Paulo.

Para irritar ainda mais a famiglia Marinho, a coluna também relata que a maior baixa coincidiu com a saída da apresentadora Ana Paula Padrão, que hoje apresenta o telejornal da rival TV Record. Em 2011, o "Jornal da Globo" atinge, em média, 11,3 pontos de audiência - o que representa uma queda também de 30% em relação à média de 2004, quando Ana Paula ancorava o programa.

Cara de nojo de nós!

Quem não deve ter gostado nada da notícia é "carismático" William Waack, âncora do telejornal. Com sua cara de "nojo de nós", ele é famoso por seu reacionarismo, por atacar greves e ocupações do MST, por criticar qualquer medida minimamente progressista dos governos Lula ou Dilma e por defender os dogmas neoliberais. Não é para menos que ele é uma das estrelas do Instituto Millenium, que reúne os barões da mídia e a nata de direita nativa.

Já os funcionários da TV Globo devem ter dado algumas risadas com a decadência de William Waack. Afinal, o apresentador parece que não é muito querido entre os trabalhadores da emissora. Segundo a repórter Fabíola Reipert, que acompanha os famosos da televisão, "a indelicadeza de Waack com jornalistas da Globo ainda é assunto nos bastidores da emissora... Mas Waack tem um histórico de grosserias".

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |