Você sabe como identificar um “falso líder político”?

quinta-feira, 24 de novembro de 2011.
Como já estamos convivendo mais uma campanha política, apresentamos 13 dicas para você identificar o "Falso lider político" da comunidade.
Você sabe como identificar um “falso líder político”?

Texto: Raymundo José
1. Ele não participa dos acontecimentos do dia a dia da sua comunidade, mas quando passeia nela, sempre procura algo para reclamar. Com certeza ele só vai procurar algo errado. Fará apenas isso!
2. Nas suas raras aparições públicas o “falso líder político”, dedica-se (especificamente assim) em encontrar falhas nos outros líderes, monitores e idealizadores ali presentes. Critica de verdade, sem pudor, sem a comprovação do fato e da fonte, sem caráter, sem responsabilidade,  e banalizando o acontecimento.  Ao encontrar essas falhas, (“ele”) passa a pulverizá-las para os seus seguidores. Estes, os encarregados de fazerem a propaganda negativa andar conforme  a estratégia do seu falso líder.

3. Sua postura original (fruto da sua personalidade) é somente criticar.  Agora, quanto às coisas boas ele não comenta nada, não elogia, fica na sua e em absoluto silêncio e jamais admite que a ação do próximo seja uma boa ideia.

4. “Ele” nunca aceita missão, compromisso ou incumbência alguma.  Lembre-se que o “Dom” do Falso líder político é somente criticar, e nada realizar.

5. Quando lhe é solicitado a sua opinião sobre qualquer assunto, responde que não tem nada a dizer contra e nem a favor, e depois (às costas do seu próximo) espalha como deveriam ser as coisas na sua "opinião". Opinião essa que sempre será 100 % contrária conforme o assunto lhe fora apresentado.

6. “Ele” não faz o primariamente  necessário no dia a dia da sua comunidade, que é participar.  Quando muito faz é apenas propagar que a sua comunidade está sendo dirigida e dominada por um grupinho. Pois se não tem a sua participação (do falso líder), é porque é um grupinho.

7. “Ele não ler nada que é publicado por outra pessoa, não participa da vida social da sua comunidade, não faz leitura diária dos informativos da sua cidade, da sua paróquia; apenas afirma que neles não há nada de interessante e que eles deveriam ser diferentes.

8. Ao ser convidado (e quando vai) para qualquer evento, simplesmente recusa. Alega que vai fazer algo; sua justificativa pela sua falta de tempo. Não comparece, para depois sair exercitando o seu “Dom” (criticar), com a seguinte afirmação:  Essa turma quer sempre mandar na comunidade e eu sou uma pessoa democrática. Sou diferente deles, eu me preocupo com os outros e com a comunidade."

9. Como “ele” sempre tem problema de relacionamento com todosprincipalmente com as lideranças políticas, procura vingar-se fazendo suspeições, acusações e divulgando "erros " por esses supostamente cometidos.  Posicionamento esse que a psicologia credita como sendo essas as atitudes de pessoas carregadas de traumas, por não atingirem as suas ambições. Procedendo assim (tentando passar uma imagem boa e sem falhas humana), “ele” quer justificar que não possui traumas.

10. Ele não sugere, não participa, não lidera de fato, não apresenta novas ideias. Mas quando olha alguém com esses procedimentos, ali está o seu novo alvo para as suas críticas.

11. Se “ele” recebe questionários solicitando sugestões, e se o tutor desses não  adivinhar " suas ideias  e pontos de vista, (“ele”) fica vermelho e passa a destilar o seu veneno (suas críticas) e as espalha  se dizendo que fora ignorado e que é perseguição política à sua pessoal.

12. Para “ele” você não pode possuir veículo, ter uma boa casa e ........ que tá desviando. Mas não justifica suas transgressões, já do conhecimento de todos.

13 - logo mais ele vai chegar até você se dizendo ser “o salvador da pátria e que não compra o seu voto, pois  o voto é consciência  e ela não tem preço e, mesmo que tivesse, lhe falta o dinheiro; mas que precisa da sua ajuda para continuar .................. e etc e etc”.  Que podemos dizer, exercitando o seu “Dom”: criticar.  Criticar tudo, e todos!

Após todas estas dicas, você já sabe identificar o  “Falso lider político” muito nocivo à nossa comunidade?

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |