Ácido

sábado, 17 de dezembro de 2011.
Eu disse quando voltei a escrever, depois de ter ficado mais de uma semana parado por conta de uma infecção respiratória que iria “ter carnificina” e que os maus que se cuidassem comigo e não é que o negocio de brincadeira parece ter virado verdade, rapaz... olha um leitor do blog me disse ontem que eu devo estar fulo da vida com alguém porque eu ando muito “ácido”, mas gostaria de dizer que não é bem isso, não, o blogueiro não tem pendência de qualquer ordem com ninguém, acho sim que por isso tenho muita liberdade em estabelecer o meu ponto de vista e criticar quando precisa e se ando “acido” é porque as coisas que do mundo “imaginário, perfeito e cheirosinho” andam corroendo meus sentidos e sentimentos.
Engraçado esse negocio volta e meia vem à tona, sabe? Alguém me diz que eu sou “acido” se dizer o que pensa e quando pensa é ser assim então que bom sou “acido” assumido.
Viva a acidez! Só não a de estoma que o blogueiro já teve gastrite e ninguém merece.

Além de tudo um acido é sempre tão bom, como suco, no peixe frito, para bater um bolo, colocar na bebida (caipirinha ou caipirosca, adoro), enfim... Depende da sua imaginação.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |