Em Primeira Nota Governador do Pará diz que não fará grandes mudanças nas Políticas Publicas do Estado.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011.
O governador do Pará, Simão Jatene (PSDB) afirmou neste domingo (11), após a divulgação de que os paraenses rejeitaram a divisão do estado, que um dos "grandes desafios" a partir de agora será tratar dos ressentimentos que surgiram durante a campanha pró e contra o desmembramento para a criação de dois novos estados, Tapajós e Carajás.
Perguntado sobre a "animosidade" em razão das campanhas, ele disse: “Esse talvez seja um dos grandes desafios. Acho que deve ser uma questão e objeto de preocupação. Eu me preocupava com o dia do plebiscito, mas me preocupava ainda mais com o dia seguinte”, afirmou.
"A minha expectativa é que não existe na nossa gente um instinto, uma vocação ao confronto, existe sim uma busca por alternativas. Nós tivemos o final da votação, mas o final do processo vamos ter que construir juntos agora.”
“Se todos os recursos fossem investidos em apenas uma dessas regiões (Tapajós e Carajás), as chances de mesmo assim superar limites hoje impostos por pobreza e desigualdades são muito pequenas."
O governador disse, contudo, que não fará grandes mudanças.
Nota: PORRA SE SABIA QUE NÃO TINHA CONDIÇÕES FINANCEIRAS DE NOS AJUDAR PORQUE NAO FALOU ANTES PARA O POVO.
EU NÃO QUERO PALAVRAS DE CONFORTO PORRA EU QUERO INVESTIMENTOS NO TAPAJOS

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |