0

Verdadeiro Vândalo!

quinta-feira, 30 de junho de 2011.

Só é esta a classificação que eu encontrei para definir o prefeito de Santa Izabel do Pará, o prefeito Marió Kató zomba da memória e do patrimônio histórico cultural do município, pior que isso agora passou a destruir o patrimônio histórico cultural de uma cidade que já vê a muito tempo ataques permanentes dos políticos locais a sua história, em outros tempos foi a câmara que mandou por fogo em documentos históricos importantes que retratavam os acontecimentos políticos e sócias de Santa Izabel e agora o Prefeito me manda destruir a Tibiriçá sem dó nem piedade da memória da nossa cidade, num ato de vandalismo puro. Veio abaixo a Tibiriçá, mas nós não viemos e se o prefeito acha que vai por fim a movimentação está muito enganado, um povo sem memória não é povo, um povo sem cultura não é nada, não podemos permitir que zombem dos nossos antepassados e tudo bem, não vamos deixar que os ataques continuem!
Leia Mais...
2

Do Blog Do Diego Sousa

Acabo de Chegar do MP

Na foto da direita para esquerda, eu, o Blogueiro Bruno Marques a Pesquisadora Minervina Soares e o Advogado Gaspar. 
Foto by Erisson Fanjás

Estivemos no Ministério Público para conversar com a Doutora Brenda que está substituindo o Doutor Quintino Promotor de Santa Izabel, ao que tudo indica a Prefeitura e o Empresário Shiguió pagaram pelo dano ao nosso patrimônio, retornaremos amanhã para mover a Ação Popular contra este ato insano, acompanhem aqui no blog.
Leia Mais...
0

Do Blog Do Diego Sousa

Mobilização

Estamos preparando uma manifestação Sábado no local onde ficava a ponte Tibiriçá próximo ao Hospital, faremos isto, pois acreditamos que neste momento se nada for feito o próximo patrimônio a ser destruído será o Colégio Antônio Lemos ou o Grupo Escolar Silvio Nascimento que são os últimos prédios centenários e herança da Belle Époque deixados em Santa Izabel. Precisamos dar um basta a esta vergonha e neste descaso com a história de nosso município, venha com a gente, participe!
Local: Rua do Hospital e Maternidade Santa Izabel (Onde ficava a ponte)
Dia e hora: Sábado as 8:30Hs

Informações: 9964-7120

Vamos mostrar a eles que aqui tem gente que se importa!
Leia Mais...
0

Fechado acordo para banda larga popular

Depois de muita queda de braço, as empresas de telefonia assinarão amanhã um termo de compromisso para que os brasileiros tenham internet de 1 mega a R$ 35 no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse ao Estado que o documento será assinado à tarde pelas operadoras e será publicado em edição extra do Diário Oficial da União.Para chegar a um consenso, a presidente Dilma Rousseff concordou em retirar do documento a obrigação de as empresas garantirem no mínimo 40% de velocidade contratada, mas exigiu da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a aprovação, até 31 de outubro, dos regulamentos que garantirão maiores velocidades aos usuários de telefonia fixa e móvel. "Ela abriu mão dessa exigência, mas deixou claro que vai pegar no pé na questão da qualidade. Tanto que a data para que a Anatel aprove e publique os regulamentos constará no decreto", afirmou Bernardo.
Conforme antecipou o portal estadao.com.br, a reunião entre governo e empresas foi interrompida na noite da última terça-feira, por determinação da presidente, para a inclusão de parâmetros de qualidade e velocidade da banda larga. Dilma queria que as operadoras assumissem a obrigação de garantir no mínimo 40% da velocidade contratada e 70% de velocidade média até 2014.
As empresas se surpreenderam com as metas de qualidade, que superam até os padrões internacionais e argumentaram que não teriam condições de avaliar o impacto financeiro nas propostas em um prazo tão exíguo. Mas só depois de o presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, ter sido convocado e assumir o compromisso de acelerar a votação dos regulamentos de qualidade da banda larga, é que Dilma abriu mão dessa exigência.
Hoje, no caso da banda larga móvel, as operadoras só garantem 10% da velocidade contratada. Com as novas normas, esse porcentual subirá para o mínimo de 30% nos horários de pico e, posteriormente, para 50% nos de menor tráfego, segundo o ministro. Um ano depois, os porcentuais passarão para 50% e 70%, respectivamente.

fonte: Estadão
Leia Mais...
0

A Verdade Nua e Crua

Leia Mais...
0

Frases e Provérbios

A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente
Rubem Alves
Leia Mais...
0

A Verdade Nua e Crua

terça-feira, 28 de junho de 2011.
Leia Mais...
0

Recebi por E-mail

Segue informações dos 10 piores alimentos para analisarmos e cuidarmos da nossa saúde



Nutricionista lista os 10 piores alimentos para sua saúde
EcoD
Que atire a primeira pedra quem não se rende a um fast food, salgadinho ou cachorro-quente e depois fica preocupado com as calorias que ingeriu. Mas o que pouca gente sabe é que os perigos desses alimentos vão muito além da questão estética e podem ser um risco para a saúde. Para esclarecer esses problemas, a nutricionista Michelle Schoffro Cook listou os dez piores alimentos de todos os tempos.
10º lugar: Sorvete
sorvete.jpg
Apesar de existirem versões mais saudáveis que os tradicionais sorvetes industrializados, a nutricionista adverte que esse alimento geralmente possui altos níveis de açúcar e gorduras trans, além de corantes e saborizantes artificiais, muitos dos quais possuem neurotoxinas – substâncias químicas que podem causar danos no cérebro e no sistema nervoso.
9º lugar: Salgadinho de milho
salgadinho-milho.jpg
De acordo com Michelle, desde o surgimento dos alimentos transgênicos a maior parte do milho que comemos é um “Frankenfood”, ou “comida Frankenstein”. Ela aponta que esse alimento por causar flutuação dos níveis de açúcar no sangue, levando a mudanças no humor, ganho de peso, irritabilidade, entre outros sintomas. Além disso, a maior parte desses salgadinhos é frita em óleo, que vira ranço e está ligado a processos inflamatórios.
8º lugar: Pizza
pizza.jpg
Michelle destaca que nem todas as pizzas são ruins para a saúde, mas a maioria das que são vendidas congeladas em supermercados está cheia de condicionadores de massa artificiais e conservantes. Feitas farinha branca, essas pizzas são absorvidas pelo organismo e transformadas em açúcar puro, causando aumento de peso e desequilíbrio dos níveis de glicose no sangue.
7º lugar: Batata frita
batata-frita.jpg
Batatas fritas contêm não apenas gorduras trans, que já foram relacionadas a uma longa lista de doenças, como também uma das mais potentes substâncias cancerígenas presentes em alimentos: a acrilamida, que é formada quando batatas brancas são aquecidas em altas temperaturas. Além disso, a maioria dos óleos utilizados para fritar as batatas se torna rançosa na presença do oxigênio ou em altas temperaturas, gerando alimentos que podem causar inflamações no corpo e agravar problemas cardíacos, câncer e artrite.
6 lugar: Salgadinhos de batata
salgadinho-batata.jpg
Além de causarem todos os danos das batatas fritas comuns e não trazerem nenhum benefício nutricional, esses salgadinhos contêm níveis mais altos de acrilamida, que também é cancerígena.
5º lugar: Bacon
bacon.jpg
Segundo a nutricionista, o consumo diário de carnes processadas, como bacon, pode aumentar o risco de doenças cardíacas em 42% e de diabetes em 19%. Um estudo da Universidade de Columbia descobriu ainda que comer 14 porções de bacon por mês pode danificar a função pulmonar e aumentar o risco de doenças ligadas ao órgão.
4º lugar: Cachorro-quente
cachorro-quente.jpg
Michelle cita um estudo da Universidade do Havaí, que mostrou que o consumo de cachorros-quentes e outras carnes processadas pode aumentar o risco de câncer de pâncreas em 67%. Um ingrediente encontrado tanto no cachorro-quente quanto no bacon é o nitrito de sódio, uma substância cancerígena relacionada a doenças como leucemia em crianças e tumores cerebrais em bebes. Outros estudos apontam que a substância pode desencadear câncer colorretal.
3º lugar: Donuts (Rosquinhas)
doughnut.jpg
Entre 35% e 40% da composição dos donuts é de gorduras trans, “o pior tipo de gordura que você pode ingerir”, alerta a nutricionista. Essa substância está relacionada a doenças cardíacas e cerebrais, além de câncer. Para completar, esses alimentos são repletos de açúcar, condicionadores de massa artificiais e aditivos alimentares, e contém, em média, 300 calorias cada.
2º lugar: Refrigerante
refri.jpg
Michelle conta que, de acordo com uma pesquisa do Dr. Joseph Mercola, “uma lata de refrigerante possui em média 10 colheres de chá de açúcar, 150 calorias, entre 30 e 55 mg de cafeína, além de estar repleta de corantes artificiais e sulfitos”. “Somente isso já deveria fazer você repensar seu consumo de refrigerantes”, diz a nutricionista.
Além disso, essa bebida é extremamente ácida, sendo necessários 30 copos de água para neutralizar essa acidez, que pode ser muito perigosa para os rins. Para completar, ela informa que os ossos funcionam como uma reserva de minerais, como o cálcio, que são despejados no sangue para ajudar a neutralizar a acidez causada pelo refrigerante, enfraquecendo os ossos e podendo levar a doenças como osteoporose, obesidade, cáries e doenças cardíacas.
1º lugar: Refrigerante Diet
refri-diet.jpg
“Refrigerante Diet é a minha escolha para o Pior Alimento de Todos os Tempos”, diz Michelle. Segundo a nutricionista, além de possuir todos os problemas dos refrigerantes tradicionais, as versões diet contêm aspartame, que agora é chamado de AminoSweet. De acordo com uma pesquisa de Lynne Melcombe, essa substância está relacionada a uma lista de doenças, como ataques de ansiedade, compulsão alimentar e por açúcar, defeitos de nascimento, cegueira, tumores cerebrais, dor torácica, depressão, tonturas, epilepsia, fadiga, dores de cabeça e enxaquecas, perda auditiva, palpitações cardíacas, hiperatividade, insônia, dor nas articulações, dificuldade de aprendizagem, TPM, cãibras musculares, problemas reprodutivos e até mesmo a morte.
“Os efeitos do aspartame podem ser confundidos com a doença de Alzheimer, síndrome de fadiga crônica, epilepsia, vírus de Epstein-Barr, doença de Huntington, hipotireoidismo, doença de Lou Gehrig, síndrome de Lyme, doença de Ménière, esclerose múltipla, e pós-pólio. É por isso que eu dou ao Refrigerante Diet o prêmio de Pior Alimento de Todos os Tempos”, conclui.
Leia Mais...
0

Em discurso na Alerj, Myrian Rios associa homossexualidade a pedofilia

Atualizada às 19h24

Um discurso da ex-atriz e deputada estadual Myrian Rios (PDT) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro tem causado polêmica. Em vídeo, postado no YouTube na última sexta-feira (24), Myrian afirma querer ter o direito de demitir uma babá lésbica, pois ela poderia tentar abusar de suas filhas.

"Digamos que eu tenha duas meninas em casa e contrate uma babá que mostra que sua orientação sexual é ser lésbica. Se a minha orientação sexual for contrária e eu quiser demiti-la, eu não posso. O direito que a babá tem de querer ser lésbica é o mesmo que eu tenho de não querer ela na minha casa. Vou ter que manter a babá em casa e sabe Deus, até, se ela não vai cometer pedofilia contra elas", disse.

A atriz continua com os exemplos. "Se eu contrato um motorista homossexual, e ele tentar, de uma maneira ou outra, bolinar meu filho, eu não posso demiti-lo. Eu quero a lei para demitir, sim, para mostrar que minha orientação sexual é outra", afirmou.

Católica, Myrian Rios se posiciona contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que a orientação sexual em meio aos direitos fundamentais previstos na Constituição do Rio de Janeiro, sendo sua discriminação punível no estado. Veja o vídeo do discurso da ex-mulher de Roberto Carlos.



Em nota divulgada no início da noite desta segunda, Myrian Rios disse ter sido mal interpretada e pediu desculpas por seu discurso. "Repudio veementemente o pedófilo e jamais tive a intenção de igualar esse criminoso com o homossexualismo. Se entenderam desta maneira, peço desculpas", disse no comunicado.
Leia Mais...
0

Frases e Provérbios

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”
Saint-Exupèry

Leia Mais...
0

River Plate empata com o Belgrano e é rebaixado pela primeira vez na Argentina

segunda-feira, 27 de junho de 2011.
O River Plate tocou o inferno com as mãos. No aniversário de 15 anos da conquista da sua segunda Libertadores, e no mesmo Monumental de Nuñez onde viveu suas maiores glórias, o maior campeão da Argentina viveu neste domingo o maior pesadelo em seus 110 anos de história: um empate em 1 a 1 com o Belgrano, de Córdoba, decretou o primeiro rebaixamento de um dos clubes mais vitoriosos da América do Sul. Depois de ficar em 17º lugar entre 20 times na média de pontos dos últimos três anos no país, e perder por 2 a 0 o jogo de ida do playoff contra o quarto colocado da Série B, restava a última esperança: vencer pela mesma diferença de gols na volta. Mas o apoio da torcida, que lotou o estádio, não foi suficiente. Pavone, que abriu o placar aos cinco minutos, perdeu um pênalti aos 22 minutos do segundo tempo, logo após o empate do Belgrano, e praticamente sacramentou o fim do sonho de permanecer na elite. Agora, Boca Juniors e Independiente são os únicos times que nunca caíram de divisão no futebol argentino.
Pelo regulamento, bastava ao River vencer pela mesma diferença de gols para evitar a queda. Mal a bola rolou, no entanto, a torcida levou um susto: Mansanelli marcou de falta para o Belgrano mas o lance foi anulado porque dois jogadores estavam impedidos, à frente do goleiro Carrizo. Um minuto depois, aos cinco, Pavone abriu o placar para o River Plate, que começou a pressionar em busca do segundo gol. Aos 25, Caruzzo entrou na área pela esquerda e foi derrubado, mas o árbitro Sergio Pezzota, o mesmo da final da Libertadores entre Santos e Peñarol, quarta-feira passada, não deu o pênalti.
No segundo tempo, o River mostrou por que chegou a tal ponto. O time tentou manter a pressão, mas faltou futebol. E numa falha da defesa, a bola sobrou para Farré empatar a partida para o Belgrano, aos 17 minutos. Logo depois, um pênalti duvidoso deu esperança para o River. Mas Pavone bateu muito mal, em cima do goleiro. Aos 44 minutos, com a situação praticamente definida, torcedores tentaram invadir o campo, e foram contidos pelos policiais. Mas a confusão serviu para acabar de forma melancólica com a partida, com os jogadores do River chorando no gramado e os do Belgrano voltando para o vestiário sem poder comemorar o acesso, sob uma chuva de pedras atiradas pela torcida rival.
Fonte: Agência o Globo
Leia Mais...
0

Do Do Blog Da Edilza Fontes

BR-316 teve mais de mil acidentes em 5 meses

Basta passar do túnel que marca o início do Entroncamento, na BR-316, em Belém, que os piscas dos carros começam a acender. As filas de veículos se apertam e o trânsito fica lento. Impacientes, em meio a caminhões de todos os tipos - de lixo, transportadores de combustível, cargueiros tomados por botijões de gás –, carros, motos, ônibus, vans e bicicletas, motoristas saem ‘costurando’ as três faixas da pista para se livrar do engarrafamento.

É só um dar o sinal de que vai passar para a pista do lado que o troca-troca de faixas toma conta dos outros. Alguns, indecisos, seguem entre duas pistas, em cima da faixa que as divide, à espera de uma brecha.

Mais à frente, já no perímetro em que se aproxima o município de Ananindeua, a confusão se intensifica. A grande quantidade de ônibus de linha, intermunicipais e vans que fazem o transporte alternativo deixam livres apenas duas das três faixas da pista. Param longe do meio fio e não respeitam as paradas estabelecidas. Deixam passageiros no meio da rua e circulam entre as faixas reservadas aos carros de passeio.

Como se não bastasse a lentidão rotineira, causada pela grande quantidade de veículos e pedestres, uma carroça atravessa ‘à força’ em frente aos veículos. Aos poucos, o animal que puxa o carro de madeira vai encontrando uma brecha para atravessar de um lado a outro da pista. Em frente, a poucos metros, uma batida entre um caminhão e um carro para uma das faixas, deixando apenas a faixa do meio com fluxo normal.

Situações como esta não são raridade nos primeiros 20 quilômetros da rodovia BR-316, trecho que acumula o maior número de acidentes das rodovias federais do Brasil. Somente nos primeiros cinco meses de 2011, já foram registrados 1.038 acidentes, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal do Pará (PRF-PA).

Colisões que deixaram 382 feridos e 15 mortos apenas no perímetro que vai de Belém até o município de Benevides. “São dados gerais de acidentes porque nesse trecho circula de tudo. Mas os casos de maior gravidade são os que envolvem ciclistas e pedestres”, aponta o assessor de comunicação da Polícia Rodoviária Federal, Erlon Andrade.

Apesar disso, o cobrador Rayron Fonseca não vê problema em atravessar correndo em meio ao grande fluxo de veículos de uma rodovia. Mesmo que a passarela esteja bem acima de sua cabeça, ele escolhe caminhar por entre os carros que circulam na pista. “É uma imprudência”, reconhece.

Com o grande movimento do final da tarde, ele arrisca a vida para não ter que subir escadas. “Eu atravesso todos os dias na passarela, mas de madrugada e aos domingos eu atravesso embaixo mesmo, porque não tem muito fluxo”, tenta justificar sua atitude em uma tarde de sexta-feira. “Eu sei que é errado”.

Diferente dele, a autônoma Antônia de Souza tenta atravessar no local destinado para pedestres. De qualquer modo, não se vê livre da possibilidade de acidentes. Em frente à faixa de pedestre localizada em uma rodovia federal, onde a velocidade permitida pode chegar a 120 km/h, ela aguarda pelo momento certo de atravessar.

Carros e caminhões passam em alta velocidade, ignorando sua presença no meio fio. Ainda assim, quando o primeiro carro para, em apenas uma das faixas, um susto. O carro que vinha atrás freia bruscamente tirando ruído dos pneus e quase colide com o carro da frente. “Assusta, mas ainda bem que ainda estava no canteiro”, comenta Antônia.

Mesmo quando ela consegue colocar o pé na faixa para atravessar, seu direito não é respeitado. Ela ainda nem chegou ao outro lado da pista e os motoristas mais apressados já arrancam com o carro em volta dela. “Eu só atravesso aqui porque eles têm obrigação de parar na faixa”, comenta.

São imprudências como a desses motoristas que provocam acidentes diariamente na rodovia. O autônomo Lindolfo dos Santos, que trabalha há cinco meses vendendo bombons em uma parada na rodovia, já está acostumado a ver acidentes. “Semana passada, um micro-ônibus bateu uma bicicleta e uma moto”, não tem dificuldades para lembrar. “Aqui é muito perigoso. Um dia desses, uma carreta bateu em um ônibus, que perdeu a direção e veio parar aqui em cima da calçada. Se não fosse por pouco, eu nem estaria aqui falando”.

Assim como ele, o taxista João Chaves, que trabalha em um ponto próximo ao Entroncamento, já presenciou muitas colisões na rodovia. “É todo dia. É acidente com carro, com moto, pedestre...”, afirma. Porém, os que envolvem motos são os mais lembrados por ele.

“As motos vêm muito no corredor (entre os carros) e muita gente atravessa aqui e não vê as motos. Chegamos a pegar os nossos cones e isolar a área onde ficam os corpos até a polícia chegar. É muito perigoso”. (Diário do Pará)
Leia Mais...
0

Independente Campeão do Parazão


Vou escrever sobre a vitória do Independente apenas porque fui provocado ontem a o fazer hoje. É que um vizinho ficou hiper furioso porque eu disse que se não se cuidar o Paysandu vai parar na série D do Brasileirão o cara achou que eu tava secando e pior que desta vez eu nem tava não, estava apenas falando a verdade... Olhem todo ano é a mesma coisa montasse uma diretoria cu de cachorro o leão e o papão sofrem que só os pés da égua e aí a torcida fica p da vida com os jogadores não conseguem ver aonde está o problema de verdade... Vejam quem escolhe os membros de diretoria e o presidente dos maiores clubes do Pará? Do jeito que está formado o sistema de voto nos clubes não tem como dar certo e sabe por quê? Porque os cubes não tem sustentação ficam a mercê de um grupinho descarado e sem vergonha que quando coloca alguém que preste o cara trabalha e impede que os sistemas obscuros aconteçam e na próxima gestão obviamente estará fora. Há apenas uma forma de se resolver esta situação eleições diretas já! Pois se alguém errar na escolhas dos seus dirigentes será a massa do clube, os seus associados, e não um grupinho pequeno que fica fazendo jogos de poderes nos clubes a muitos anos.   
Agora sim vamos ao Independente. No jogo o Independente foi mais time desde o primeiro tempo onde deu um show no Papão e depois já no segundo tempo o papão voltou mais disposto e foi pra cima do Galo Elétrico empatando o jogo e levando para as penalidades. Nos pênaltis o papão perdeu três e o Independente converteu três sagrando-se o primeiro time do interior a conquistar um Parazão e em cima de um time da capital coisa nunca antes ocorrida na história deste País.  
Leia Mais...
0

Do Blog do Parsifal

Lulz Sec Brasil

dos
Embora o governo brasileiro e as empresas públicas atacadas insistam que as investidas contra os seus portais não passam de ataques por “Denial of Service” (DOS), que ocorre quando hackers simulam centenas de milhares de acessos ao mesmo endereço, até que a banda não maio resista e venha ao chão, os indícios, e os fatos, dizem que a rapaziada do “Lulz Sec Brasil” está passando pelo firewall das redes, quebrando as senhas e acessando dados, que estão sendo publicados como prova da invasão.
Ontem à tarde a meninada endiabrou-se: deitaram ao chão as chaves de segurança dos portais da Petrobrás, do Superior Tribunal de Justiça, da Prefeitura do Rio de Janeiro, do Ministério da Defesa, do Ministério da Saúde, do Ministério da Cultura, da Secretaria de Administração de Mato Grosso, da Universidade de Brasília e deram uma volta pelo Pará, onde borraram um dos portais Prefeitura de Belém.
No portal da Prefeitura de Belém, o invasor deixou a seguinte mensagem, "Parabéns, seus site foi invadido! Sugerimos a troca do desenvolvedor do site, para uma melhor segurança.”.
Se ele soubesse como Belém está desolada com a atual administração, a mensagem postada não seria pedindo a troca do desenvolvedor.
Esta meninada veio em tempo, para mostrar o amadorismo com o qual os governos e empresas públicas tratam a segurança das suas redes.
Há empresas que instalam firewalls gratuitos ou pirateados no sistema: um é amostra grátis tecnológica; o outro pode estar “preparado” para facilitar o acesso: ter um dos dois em sistemas públicos que guardam dados importantes, é pura ignorância cibernética.
Leia Mais...
0

A Verdade Nua e Crua

Leia Mais...
0

Frases e Provérbios

"Apenas há um dever, o de sermos felizes."
Denis Diderot
Leia Mais...
0

Reportagem

domingo, 26 de junho de 2011.

Uma reportagem no Jornal Hoje mostrou como e porque os extrativistas de Nova Ipixuna sofrem ameaças, isso porque a derrubada ilegal de arvores como a Castanha do Pará que é protegida por lei está ocorrendo por alguns extrativistas estarem preferindo se unir aos criminosos que derrubam a floresta nativa e vedem uma castanha do Pará a até cinqüenta reais quem apareceu na reportagem foi à extrativista irmã do extrativista morto em Nova Ipixuna por ter denunciado o desmatamento ilegal dentro do assentamento, é preciso que se faça algo e de imediato.
O pior de tudo é que a matéria não mostrou uma ação do governo para mudar este quadro e não mostrou pelo simples motivo de não existir nenhuma ação neste caminho o que é sem sombra de duvidas nenhuma novidade quem esperava que o novo governo velho levantasse a bandeira em defesa da floresta estava delirando no mínimo e não tem outra saída mesmo a não ser o próprio povo lutar para mudar essa situação, o nosso desgoverno nada faz e nada vai fazer.
Leia Mais...
0

Dira Paz em Defesa dos Povos Da floresta

A Paraenssissima atriz Dira Paz esta na cidade das mangueiras para um circuito que terá debates e muita gente que está de olho no que vem acontecendo aos povos da floresta e ajudar a por pressão no governo estadual para que faça algo e não fique apenas olhando as coisas acontecerem chupando o dedo.
A atriz deve fazer um tur pelo estado para divulgar a campanha que conta com diretores de documentários e de pessoas que defendem a floresta.
Leia Mais...
 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |