Economia Municipal e O Impacto Dos Programas Sociais

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012.
Hoje resolvi fazer algumas reflexões sobre a economia de um município da Amazônia legal e que tem as mesmas proporções e dificuldades financeiras como Santa Izabel do Pará. Creio que esta realidade se repita por aqui. Vamos lá... Vou colar abaixo o PIB – Produto Interno Bruto, que é a soma de tudo que é produzido no municio, desde 2004 a 2009 porque o de 2010 ainda não está disponível, e eu aconselho quem quiser acessar o portal do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para verificar os dados que estam disponíveis lá e são de consulta pública, até mesmo porque vou publicar o montante total e lá está tudo bem detalhado e tal, aí os últimos PIBs de Santa Izabel:
Santa Isabel do Pará - PA  Produto Interno Bruto dos Municípios 2004
PIB a preços correntes 156.869  mil reais  

Santa Isabel do Pará - PA  Produto Interno Bruto dos Municípios 2005
PIB a preços correntes 174.493  mil reais   

Santa Isabel do Pará - PA  Produto Interno Bruto dos Municípios 2006
PIB a preços correntes 180.215  mil reais   

Santa Isabel do Pará - PA  Produto Interno Bruto dos Municípios 2007
 PIB a preços correntes 213.635  mil reais
       
Santa Isabel do Pará - PA  Produto Interno Bruto dos Municípios 2008
PIB a preços correntes 239.855  mil reais   

Santa Isabel do Pará - PA  Produto Interno Bruto dos Municípios 2009
PIB a preços correntes 277.845  mil reais   

Como fica bem claro acima o PIB desta cidadela não passou até em 2009 dos 300 mil reais e o que significa isso? Bem... é só verificar nas contas do município o total de gastos de 43.226.961,78 reais em 2009 segundo o próprio site do IBGE e claro que com as contas neste patamar a cidade não é auto suficiente e necessita da boa vontade do estado e da união (tem alguns fatores políticos que ficarão de fora desta postagem), mas o que significa isso e qual a comparação com as políticas sociais? É bem simples, imaginem agora em um município onde a carência de emprego, de renda, de prestação de serviços básicos o impacto que tem na economia a injeção de 7 milhões de reais (no caso dos 7 milhões é o total do beneficio do bolsa família) e sem contar dos outros programas do governo federal como os Pró-Jovens um deles a bolsa é de 70 reais e o outro é de 100 somando tudo isso temos mais uns 300 mil reais, tínhamos no governo da Ana Julia um programa chamado Bolsa Trabalho e eram mais 3 milhões em bolsa e assim se seguem num montante de mais de 10 milhões de reais apenas em programas sociais. Vejam que isso é três vezes mais que o próprio PIB do município.
É claro que nesta analise, antes que me atirem pedra, não consta a analise de se os programas estam atingindo seu objetivo, se as pessoas que são atingidas são as que realmente necessitam e outras coisas porque minha intenção é tão somente ver o impacto econômico dessas políticas publicas em um município que não é auto-suficiente como o nosso.
Brasil a fora as classes ditas C e D a cada dia participam mais e mais da economia e isso é absolutamente verificável no nosso caso quando vamos à feira e vemos aquela muvuca é gente pra lá e pra cá e aqui temos um motor e o vento que sopra a favor chamado Programas Sociais.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |