Educação e Segurança entre os melhores serviços do Governo do Estado... Quem afirma é uma tal de Autrabel, que também premiou, vejam só!, a Rede Celpa como the Best of the Best do Pará...

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012.
Deve ser desespero, só pode. Ou então, brincadeirinha de mau gosto com a cara da gente.

A Perereca estava entretida com uma nova investigação, quando deu de cara com uma pitoresca notícia no site da Agência Pará.

Diz a imaginativa peça que a Educação e a Segurança estão entre os melhores serviços prestados pelo Governo. Um fato, aliás, que teria merecido o “reconhecimento público” de associações e centros comunitários de todo o estado do Pará.

A Educação teria ficado em quarto lugar; a Segurança, em quinto, no ranking do “the best of the best” do Pará...

A dita pesquisa que resultou em resultado tão impressionantemente impressionante foi realizada por uma tar de Autrabel - Associação dos Usuários do Trânsito, Transporte e dos Consumidores das Empresas Prestadoras de Serviços Públicos do Pará.

Para quem não sabe, a mesmíssima Autrabel que escolheu a Rede Celpa como a melhor prestadora de serviços do estado do Pará...

(Mal comparando, é a mesma situação da Unama depois do diploma em "Diretchu" do Duciomar...)

Da votação, realizada em Sucupira, digo, Belém, teriam participado 164 representantes de associações e centros comunitários.

Que, a esta altura, supõe-se, já devem estar a bordo do ônibus espacial que os levará de volta ao Planeta Jiangjingpenpinhonpen-tcha-tchá!, na vigésima quinta galáxia depois da Via Láctea.

A vibrante, atuante, combativa, impoluta Autrabel é presidentemente presidida por um tar de Leandro Borges, que a Perereca ignora de onde saiu: se de Jiangjingpenpinhonpen-tcha-tchá! (apenas Tchá-tchá!, para os íntimos), ou se da Áurea Corte do Eternamente Eterno Império Tucano (Ave!).

O blog, aliás, está curiosíssimo para saber quantos e quem são os filiados dessa tar de “Associação dos Usuários do Trânsito, Transporte e dos Consumidores das Empresas Prestadoras de Serviços Públicos do Pará”, em cuja denominação, de tão abrangentemente abrangente, se enquadram “tudinhos” os habitantes deste estado.

Sem brincadeira: só pode ser desespero do Governo ou vontade de tirar um sarro com a cara dos paraenses, o que levou a Agência Pará – que é mantida com o meu, com o seu, com nosso dinheirinho – a dar publicidade a essa tar de “premiação”.

No mês passado, um estudo do Unicef mostrou que 70% dos adolescentes paraenses não concluem nem mesmo o ensino fundamental.

E mais: 65% dos nossos estudantes do ensino médio estão atrasados na escola; freqüentam uma série que, pela idade que já têm, há muito deveriam ter concluído.

Há anos, algumas das cidades paraenses estão entre as mais violentas do Brasil.

E quase todos os nossos indicadores sociais só são “melhores” que os do Maranhão e Piauí.

Quer dizer: afirmar que os serviços públicos do Pará prestam pra alguma coisa, só mesmo se o sujeito vier de lá de Jiangjingpenpinhonpen-tcha-tchá!

E já nem vou falar da Rede Celpa, que até o pessoal operado pelo Duciomar sabe muito bem que é uma bela duma porcaria.

Nada a estranhar, porém, num estado que, apesar de miserável, desperdiça R$ 40 milhões por ano em propaganda – ou mais do que destina à Santa Casa de Misericórdia.

Abaixo, a notícia da Agência Pará sobre essa pitorescamente pitoresca premiação:

Educação oferecida pelo Estado é reconhecida em pesquisa local

Da Redação
Agência Pará de Notícias

O ensino oferecido à população pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) recebeu reconhecimento público ao conquistar o quarto lugar na pesquisa da Associação dos Usuários do Trânsito, Transporte e dos Consumidores das Empresas Prestadoras de Serviços Públicos do Pará (Autrabel). O levantamento teve o objetivo de avaliar os serviços prestados ao público no Estado.

Para eleger os melhores serviços, 14 empresas do gênero foram submetidas à seleção de 164 representantes de centros comunitários e de associações da Região Metropolitana de Belém e do interior do Estado. A pesquisa foi feita em dois momentos. O governo do Estado, na área da educação, conquistou o 11º lugar na pesquisa inicial e o quarto lugar na pesquisa final.

Outros serviços prestados por secretarias do Estado receberam destaque na pesquisa, entre elas a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), com o quinto lugar, e a Secretaria de Saúde Pública (Sespa), com o 12º.

Para o presidente da Autrabel, Leandro Borges, a avaliação dos serviços prestados pelo governo mereceu destaque. "O Estado vem dando sinais de melhora na prestação desses serviços", disse, referindo-se aos resultados conquistados nas áreas da educação e segurança pública.


Para o secretário de Educação, Cláudio Ribeiro, o resultado da pesquisa é um reconhecimento da população acerca dos serviços prestados pelo governo na área. “Desde o início do ano passado estamos nos dedicando a melhorar o atendimento prestado à sociedade. Esse resultado é um reconhecimento que nos motiva a continuar nos esforçando na perspectiva de melhorar o serviço voltado à população’, diz”.

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |