Fraudes em 84 licitações teriam provocado rombo de R$ 11 milhões na Alepa, durante a gestão do hoje senador Mário Couto Filho.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012.
José Carlos Rodrigues e o site da Croc Tapioca: bons tempos.

Teria ficado em pelo menos R$ 11 milhões o rombo detectado pelo Ministério Público Estadual em 84 licitações realizadas pela Assembléia Legislativa do Estado (Alepa), entre 2004 e janeiro de 2007, na gestão do ex-deputado e hoje senador Mário Couto Filho, do PSDB.

Haveria de tudo entre as irregularidades constatadas nessas 84 licitações: de direcionamento à montagem pura e simples. Há empresa que realizou uma determinada obra de engenharia, por exemplo, mas todas as supostas licitantes garantem que jamais participaram de tal certame.

Só o relatório da nova Ação Civil Pública, que será ajuizada possivelmente na segunda-feira, pelos promotores Nelson Medrado e Arnaldo Azevedo, tem mais de 40 páginas.

Uma das estrelas da denúncia deve ser a Croc Tapioca, empresa que fabricava farinha tapioca, mas fornecia de tudo à Alepa, na gestão de Mário Couto, e até “realizava” serviços de engenharia.

O senador e os integrantes do Controle Interno da Alepa devem ser novamente denunciados por improbidade administrativa.

O MP centrará fogo, sobretudo, no pedido de que todos sejam condenados a ressarcir os cofres públicos.

Veja aqui a ACP ajuizada ontem por Medrado e Azevedo, na qual o senador e a filha dele, a deputada estadual Cilene Couto, e o deputado estadual Haroldo Martins foram denunciados por improbidade administrativa, por suposta participação em fraudes na Folha de Pagamentos da Alepa:    

2 Comentários:

::::FER:::: disse...

Barbaridade!

Blog do Tiago Sousa disse...

isso é só a ponta do iceberg meu caro, estamos perdidos!

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |