Secretaria de Transportes do Pará confirma: Jatene precisa de quase dois anos para recuperar 33 KM de estrada! Enquanto isso, se for rodar pelo Pará, REZE!

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012.
O senhor que aparece neste vídeo é Eduardo Carneiro, secretário adjunto de Transportes do Estado do Pará. E, ao contrário do que seu ar tranquilo e suas palavras dão a entender, ele não é portador de boas notícias para todos aqueles que, por absoluta necessidade, são obrigados a percorrer as estradas do Pará, A PIOR MALHA RODOVIÁRIA ESTADUAL DO PAÍS.
Com ares de grande novidade, Carneiro conta que SOMENTE EM SETEMBRO DESTE ANO o governo de Simão Jatene terá tido a capacidade de RECUPERAR OS PRIMEIROS 33 QUILÔMETROS DA ALÇA VIÁRIA!
É isto mesmo que vocês leram. Passados 14 meses desde a posse, o governador tucano, que adora posar de "técnico", que contrata uma OSCIP para ensinar como cortar investimentos para fazer um superávit excessivo e desnecessário, não teve a capacidade de concluir miseráveis 33 quilômetros DE RECUPERAÇÃO de uma via crucial para todo o Vale do Moju e a Região de Carajás! E conta a enorme vantagem: SOMENTE TERMINARÁ A "OBRA" EM SETEMBRO DE 2012! 21 MESES TERÃO SE PASSADO DESDE A POSSE!
Questão para o ENEM: Mantido este aceleradíssimo ritmo de obras, calcule quantos anos Jatene levaria para recuperar a PA-150, com seus 1.200 quilômetros!

Mas, sigamos.
A Alça Viária construída no segundo governo de Almir Gabriel reduziu de forma acentuada o tempo de viagem entre todas as cidades da região de Carajás e, a capital do Estado, Belém, além de beneficiar cidades como Acará, cidadezinha tão perto e tão distante de Belém. Feita a toque de caixa, não teve suas obras concluídas no primeiro governo de Simão Jatene que, apesar do discurso tecnocrata, preferiu construir, sei lá, um borboletário no Mangal das Garças. A estrada deteriorou. Durante o governo Ana Júlia obras de conservação e reparo foram feitas. Mesmo assim, a estrada ainda deixava muto a desejar.
Agora, imaginem o que acontece com uma estrada na Amazônia quando deixada sem conservação! Pois durante todo o ano de 2011 nada foi feito para recuperar a Alça Viária!
Agora, a operação tapa-buracos começa e em PARCELAS!
A segunda etapa, que corresponde ao trecho do KM 33 ao KM 69 somente será licitada em MARÇO DESTE ANO.
A previsão para a conclusão? Mais UM ANO E MEIO após a licitação! Isso se Deus der bom tempo!
Custo da obra? R$ 43 milhões. Isso sem os aditivos de estilo, não é?
Presumo que o custo do trecho que está em andamento seja algo próximo a este valor. Sou ruim de matemática, mas, corrijam-me se estiver errado: Jatene GASTARÁ QUASE R$ 90 MILHÕES PARA RECUPERAR 69 QUILÔMETROS DE ESTRADA!
Fico imaginando quanto gastaria para fazer uma nova estrada!
Considerando que o Parazão, pelas palavras de Jatene, anda mal de bolso, batem os sinos fúnebres para a recuperação da PA-150!
E eu, que preciso vez por outra, pegar a estrada para ir à Belém tomar a benção da d.Júlia, minha mãe, não posso fazer nada além de rezar e entregar corpo e alma a Deus e Nossa Senhora de Nazaré.
Pensando bem, posso fazer algo, sim. Posso escolher melhor o futuro governador do meu estado. 2014 é logo ali. Ainda bem!
PS: O vídeo está no site da Agência Pará. Como já disse aqui no blog, a turma tem a péssima mania de "retocar" fotos e fatos. Por via das dúvidas, já fiz cópia do vídeo. 

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |