Paralelos (Belém x Santa Izabel) II Parte

sexta-feira, 7 de setembro de 2012.


Continuando minha missão de analisar os pontos em comum entre os processos eleitorais que se avizinham e tirando como molde para tal os aspectos comuns entre os vizinhos da RMB (Região Metropolitana de Belém). Bem... Dizia eu que muito em comum temos a observar nestes processos como, por exemplo, em Belém do Pará, nossa capital, o processo de desgaste do atual gestor somado a sua crescente rejeição torna se não inviável a reeleição do projeto PTB-PR, mas o torna muito difícil de se tornar realidade ou em outras palavras este será um fator determinante para a derrota desta aliança nas urnas dia 07 de Outubro. Se seguirmos a lógica Edmilson Rodrigues candidato pelo PSOL e ex-prefeito da capital paraense deve com folgas ser eleito senão no primeiro, mas em um segundo turno.
O que temos em comum para termos comparativos é a derrocada do projeto Pmedebista para Santa Izabel se tornando cada vez mais visível e nítido, diria que a oposição desta vez ficou com “a faca e o queijo na mão” aponto duas falhas gravíssimas para tal. Primeiro, a escolha de um candidato com os mesmos aspectos fisiológico-político-evolutiva que o atual prefeito, antes que algum engraçadinho ache que estou sendo de alguma forma preconceituoso, digo isso, pois como a rejeição do atual gestor chegou a um nível critico a escolha de um candidato fácil de identificar com o atual gestor a meu ver foi um equivoco sem tamanho. Segundo, a rejeição do atual gestor ligado ao fato de o seu pretenso sucessor ser do mesmo partido político ainda que na boca do candidato brade o grito de “não podem me culpar por falhas que eu não cometi” aponta para um sistema de continuidade e isso é tudo que os cidadãos desta cidade, ao que parece, menos querem.
É preciso se deixar bem claro estes fatores, pois para mim são e serão os principais motivos da derrocada Pmedebista nas urnas. Não fosse já marcante a rejeição do gestor ele assumiu a coordenação de campanha de seu pupilo a sucedâneo o que tornou a pratica do discurso vazio e sem sentido de ser. Ora, temos de um lado aspectos da pratica histórica do PMDB em Santa Izabel que nos mostram com muita clareza o que estou cá escrevendo, para quem não recorda Dr. Edilson Abreu candidato a reeleição pelo PMDB deu vaga a Antonio Simão justo porque a rejeição do Dr. Edilson era tamanha que sabendo se utilizar deste fator na campanha a equipe do Simão logrou êxito e este saiu com +ou- 70% dos votos validos. Seria a história se repetindo?
Para termos práticos temos uma tentativa de desligamento da imagem negativa, mas sem desconhecer o responsável por ela, ao que parece esta tentativa até agora não surtiu o efeito desejado e tudo o que nos aguarda o dia 07 de Outubro é pura emoção.
Eu indico que leiam esta postagem do Bruno Marques AQUI onde ele fala que as pessoas já começaram a abandonar o navio. 

Sobre o Autor:
Tiago Sousa
*Tiago Sousa Natural de Santa Izabel do Pará, é graduando do curso de Ciências da Religião – UEPA, Técnico em Turismo pelo CEFET-PA turma de 2005 e participa do Grupo de Pesquisa dos Movimentos Socais, Educação e Cidadania na Amazônia - GMSECA. Tiago é o administrador deste Blog e Também escreve versos no Blog Verso Reverso

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |