Eleições 2012 e a Conjuntura Política em Santa Izabel

segunda-feira, 15 de outubro de 2012.
Por Calleb Saab*



Passado os 7 dias do pleito eleitoral no nosso município. Diferente da grande maioria dos eleitores, eu não votei 55(Dr.Gilberto-PSD/PSDB/PT e mais 6 partidos) muito menos 15 (Watanabe-PMDB/PTB/PCdoB e mais 8 partidos). Decidi por convicção politica pessoal, mesmo sabendo das irreais chances da vitória, votei radical 50 em Ronaldo Batista, candidato de meu partido PSOL. Pois acredito que ambos os principais candidatos, tem a prioridade de governar para os ricos e poderosos.
Fazendo uma analise puramente política de quem estava apenas observando essa briga de “titans”, entre a máquina econômica e administrativa do PMDB com o objetivo de continuidade a pífia gestão de Mario Kató e seus aliados empresários e latifundiários, indicando nada a mais nada a menos do que o herdeiro da maior fabrica de produção avícola do Pará. E do outro lado à irônica máquina politica de Dr.Gilberto que de uma forma muito surpreendente conseguiu unir em uma mesma coligação PT e PSDB, históricos inimigos de eleição, apesar de que ninguém precisa falar ou reafirmar que hoje os dois andam juntos em um mesmo projeto politico nas privatizações dos bens públicos, escândalos de corrupção como mensalão e cachoeira e criminalização dos movimentos sociais.
Creio que as maiorias dos eleitores concordam comigo, que aparentemente no inicio da corrida eleitoral tudo indicava que o PMDB continuaria o seu ‘’desmando’’ publico frente à prefeitura, visto que ate a grande maioria de famosos, novos ou antigos vereadores estava ao seu lado. Visto que boa parte da juventude que faz parte das centenas de estudantes que vão e voltam todo o dia de Belém ou Castanhal, ansiosa por uma mudança em um município que amarga pagar uma cara passagem sem direito ao preço tabelado via região metropolitana, que e aumentada pelo monopólio da empresa BonSucesso-Modelo, por sinal aliada direta de Kató, Watanabe e seu PMDB,amarga os altos índices de trafico de drogas e violência,onde as maiores vitimas são justamente os jovens. Grande parte dessa mesma juventude,não viu que estava apoiando os atuais vilões de suas próprias angustias e além obviamente das oligarquias locais que apoiavam Watanabe, que em sua primeira candidatura sentiu a dificuldade em ligar a sua nova imagem ao atual prefeito e parceiro politico Mario Kató. 
Já do outro lado da trincheira Dr.Gilberto inicialmente passou por uma delicada crise interna, viu boa parte da base de militância do PT apoiar publicamente o seu adversário politico (Jorge Tubarão foi um ótimo exemplo disso).Outro viés muito categórico dessa eleição foi o visual de campanha, em alguns pontos da cidades ruas inteiras eram enfeitadas com as bandeiras amarelas ou azuis, e em certos casos, muitas delas eram colocadas oferecendo dinheiro ao morador da casa, e obviamente os intermináveis e “criativos” jingles dos carros sons, que obviamente principalmente a maquina econômica de Watanabe encheu a cidade com vários veículos, placas e bandeirantes pagos para dar a certeza de seu poderio frente ao seu principal concorrente que pela terceira vez participava de um pleito eleitoral. 
O marco importante dessa eleição foi à pesquisa de intenção de votos, registrada no TRE que apontava claramente a vitória de Dr.Gilberto e que propositalmente causou um fervoroso debate de “dados mentirosos ou pesquisa comprada” e na época eu me manifestei que a pesquisa sendo intencional ou não, era de fato uma real analise da conjuntura eleitoral de nosso município. Chegando à reta final do período eleitoral, ficava cada vez mais evidente a postura de ataque e de “real mudança” proposta por Gilberto e com seu famoso “chicote” e por outro lado talvez por achar que não seria tão difícil ganhar uma prefeitura que por 16 anos estava nas mãos do PMDB, o empresário Watanabe manteve sua posição defensiva de “paz, juventude e trabalho”. Claramente tornou-se normal as famosas compras de votos de ambos os lados principalmente de Watanabe, em comícios com as comuns distribuições de cestas básicas ou alimentos nas comunidades mais carentes, usando do instinto mais cruel do ser humano para a obtenção da suja vitória: a FOME!
Nos dias finais a indicação do lado de Watanabe e PMDB era garantir todos os contatos de compras de votos, boca de urna e assedio moral com os funcionários públicos da prefeitura e obviamente das varias empresas aliadas de sua campanha, aterrorizando honestos trabalhadores que se não votasse ‘’iria pra rua’’, deixando clara a total falta de escrúpulos por parte de alguns dos militantes do PMDB e seu 15! 


Já no lado de Gilberto a indicação era que os eleitores “vendessem o voto, porém não votassem” com o argumento de ter uma renovação na administração municipal, porém ao mesmo tempo contribuindo com esse ciclo vicioso de venda e compra de votos, que por sinal todos sabem que é CRIME!
Por fim no final do histórico dia 07/10/2012, menos de uma hora após o fechamento das urnas para a apuração já era evidente a vitória de Dr.Gilberto e a maçante derrota da maquina econômica de Watanabe, Kató, empresariado local e seu corrupto partido PMDB de figuras como Jader Barbalho. Que dado por encerrada à apuração com 53,69% ou 16.942 votos, houve a confirmação exata da voz da democracia, de uma renovação na prefeitura municipal de Santa Isabel do Pará depois de amargos 16 anos. 
Creio que a gestão de Gilberto a principio não será complicada mesmo que seus aliados como vereadores ocupem apenas 5 das 13 cadeiras da câmara. Será bem surpreendente ver uma oposição atuante dos outros 8 vereadores da coligação derrotada de Watanabe, até porque muitos de nós sabemos muito bem que a compra de apoio politico e de influencia em espaços tão pouco honestos como as câmaras de vereadores de cidades pequenas como Santa Isabel é algo que se torna comum. E seu foco inicial será certamente a saúde publica municipal, ate pelo viés do próprio eleito ser medico ver que permanece o caos nesse importante e vital setor social seria algo que o tornaria eternamente impopular e hipócrita. 
Para encerrar essa minha analise fiquei contente com a votação e expressão do PSOL nas urnas, visto que é um partido de pouco mais de 1 ano em Santa Isabel é conseguiu 430 sinceros votos para uma nova figura publica que é a de Ronaldo Batista que concorria diretamente pelo terceiro lugar com Jaime Brito e toda sua influencia religiosa e histórica nas eleições municipais. Porém sempre com o papel de denuncia contra os grandes candidatos que claramente expressam prioridades para a minoria burguesa e rica.
Eu peço encarecidamente colegas moradores desse município, que não apenas em períodos eleitorais, mais diariamente vamos fiscalizar e cobrar de quem votamos ou não a SUA OBRIGAÇÃO de governas para o POVO MAIS CARENTE de inverter as prioridades em nossa cidade que mesmo sendo pertencente à região metropolitana da capital do estado Belém, amarga altos índices de analfabetismo, explosão de violência e caos social. Afinal cada centavo de seus salários, verbas , obras ou corrupção é DINHEIRO PUBLICO OU SEJA, NOSSO!
VAMOS À LUTA!



* Calleb Saab é graduando em geografia UFPA. Tem 20 anos e é militante do PSOL e do coletivo VAMOS À LUTA

Comentários:

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |