A morte

domingo, 3 de março de 2013.

Por Tiago Sousa*

Estive afastado das redes sociais, pois estava enlutado pelo falecimento de meu irmão Sergio Augusto. Só hoje depois de mais de uma semana de sua morte tive condições de escrever alguma coisa, também creio não ter escrito nada devido o estado que me encontrava depois de sua partida para a terra do desconhecido.
É incrível como mesmo quem trabalha com a hipótese da morte o tempo inteiro e que faz uma espécie de “preparação” não está pronto para ver as pessoas partirem. Eu não acredito ainda que aquele cara brincalhão, que tirava onda com todo mundo não está mais entre nós, parece que eu vou sair e cruzar com ele na rua ou em outro lugar de uso comum, e ele virá ao meu encontro com aquelas sacadas de “apelidos” que só ele sabia colocar, “vovó” dirá ele e eu nem vou acreditar que ele se foi por um instante, “seu danado! Queres me assustar!” direi eu com a maior felicidade do mundo em revê-lo.
Fora isso tudo, ainda não consigo digerir os últimos momentos de vida, com certeza se paga todos os pecados do mundo quando se precisa do SUS em um momento de emergência, meu irmão, assim como muitos e muitos brasileiros e brasileiras neste país a fora quando mais precisou do sistema de saúde não teve retorno e nos últimos instante de vida ainda passou mais de 48 horas sentado em uma cadeira plástica nos corredores de um pronto socorro. Isso me tira o folego cada vez que me lembro, nos corredores de um pronto socorro, sentado em uma cadeira plástica morreu gritando que amava todos nós, amigos e parentes.
A morte de meu irmão está me fazendo “digerir” aos poucos muitas questões que me pareciam insolúveis e que agora não são mais, decisões eu tenho a tomar e muitas questões a solucionar agora.
Agora é tentar me restabelecer e voltar as atividades normais, preciso compartilhar com vocês minha caminhada rumo a graduação e as pesquisas em andamento que até hoje não coloquei por aqui, assim que conseguir me organizar nisso tudo eu vou aos poucos acertando aqui e ali, é isso.

Sobre o Autor:
Tiago Sousa*Tiago Sousa Natural de Santa Izabel do Pará, é graduando do curso de Ciências da Religião – UEPA, Técnico em Turismo pelo CEFET-PA turma de 2005 e participa do Grupo de Pesquisa dos Movimentos Socais, Educação e Cidadania na Amazônia - GMSECA. Tiago é o administrador deste Blog, escreve apenas sobre política no Blog Política em Debate e Também escreve versos no Blog Verso Reverso

2 Comentários:

Mauro Cesar disse...

Meus sentimentos, Tiago! Ontem, fez três anos que perdi meu irmão mais velho! Tento imaginar o que vc está sentindo; é uma ferida na vida, que leva tempo para cicatrizar! Penso, que os que vão continuam vivendo em nós, em cada lembrança, cada detalhe, cada dizer. De vez, sinto meu irmão em minha voz. E a semelhança e o DNA próximo, penso... Que Deus lhe dê conforto! Um grande abraço!

Prof. Adinalzir disse...

Minhas condolências e sentimentos pela perda do seu irmão. Sei que é um momento muito difícil. Que Deus o tenha na sua infinita misericórdia.
Um grande abraço!

 
Blog do Tiago Sousa © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |